| Naviraí/MS - Quinta-Feira, 25 de Julho de 2024

Amado Batista é processado após morte de criança em fazenda


Foto: Reprodução Instagram Por: Editorial | 06/07/2024 09:43

O cantor Amado Batista está atualmente envolvido em um processo na Justiça de Goiás relacionado à morte trágica de uma criança em sua fazenda. Tatiane Francisca e Jorlan Barbosa, ex-caseiros da propriedade, moveram a ação contra o artista após o filho de três anos do casal se afogar na piscina da fazenda.

Segundo relatos, os pais solicitaram repetidamente que a área da piscina fosse cercada para evitar acidentes, mas seus pedidos não foram atendidos por Amado Batista. Além da ausência de segurança na piscina, os pais alegam que houve negligência no atendimento médico prestado à criança após o afogamento. Em vez de ser encaminhada para uma unidade de saúde mais equipada na capital, o menino foi levado para um hospital localizado a 15 km da fazenda, o que pode ter comprometido suas chances de sobrevivência.

No processo, Tatiane e Jorlan também mencionaram a falta de suporte psicológico após a tragédia, além de criticarem a postura insensível de Amado Batista, que teria organizado uma festa na fazenda pouco tempo depois do falecimento da criança.

Os ex-caseiros alegam que foram demitidos posteriormente, supostamente devido a acusações de má higiene no manuseio dos alimentos, uma justificativa contestada por Tatiane.

Diante desses acontecimentos, a família está buscando na Justiça uma pensão mensal com base na expectativa de vida do filho falecido, ou um pagamento único de R$ 450 mil. Além disso, requerem R$ 500 mil por danos morais, totalizando um valor de aproximadamente R$ 950 mil.

O caso segue em tramitação na Justiça, onde será avaliado o mérito das acusações e as responsabilidades envolvidas na fatalidade ocorrida na propriedade de Amado Batista.




PORTAL DO CONESUL
NAVIRAÍ MS
CNPJ: 44.118.036/0001-40
E-MAIL: portaldoconesul@hotmail.com
Siga-nos nas redes Sociais: