| Naviraí/MS - Quinta-Feira, 25 de Julho de 2024

Dívidas no cartão de crédito poderão ser pagas em outro banco a partir desta segunda


Marcello Casal Jr./Agência Brasil Por: Editorial | 01/07/2024 08:57

A partir desta segunda-feira (1º de julho), clientes com dívidas no cartão de crédito poderão transferir o saldo devedor do crédito rotativo para outras instituições financeiras. Essa nova possibilidade, determinada pelo Conselho Monetário Nacional em dezembro do ano passado, busca oferecer aos devedores melhores juros e condições de pagamento.

O processo funcionará da seguinte maneira: Os clientes interessados devem procurar uma instituição financeira que ofereça juros menores ou condições de pagamento mais favoráveis e solicitar uma proposta. Com essa proposta em mãos, o consumidor pode então procurar o banco atual e verificar se é possível obter uma contraproposta para quitar a dívida. Caso o cliente decida transferir o saldo devedor para outra instituição, a operação será gratuita.

Em abril deste ano, os juros do crédito rotativo somaram 423,5% ao ano. Sérgio Gradovski, presidente da Associação Nacional de Assistência aos Superendividados (Anas), destaca os perfis que lideram o ranking de superendividamento. "O funcionário público, aposentado ou pensionista não precisa fazer a análise de crédito. Eles têm o salário garantido. Então muitos deles acabam emprestando para filho, para irmão, para compadre", explica.

Segundo a Anas, nove em cada dez brasileiros estão superendividados. Para quem se encontra nessa situação, o educador financeiro Francisco Rodrigues oferece orientação sobre os primeiros passos para se livrar dos juros abusivos. "Antes de ir para o banco negociar, de procurar as instituições credoras, eu vou fazer um levantamento, uma faxina financeira do que eu devo, de cartões, de consignado, empréstimo pessoal, se devo a terceiros ou não, e aí fazer um planejamento de médio e longo prazo", afirma.




PORTAL DO CONESUL
NAVIRAÍ MS
CNPJ: 44.118.036/0001-40
E-MAIL: portaldoconesul@hotmail.com
Siga-nos nas redes Sociais: