| Naviraí/MS - Domingo, 21 de Julho de 2024

Como o cigarro comum e o eletrônico reduzem a expectativa de vida


Getty Images Por: Editorial | 25/06/2024 09:34

O tabagismo não só encurta a vida das pessoas, como também tem um impacto devastador na saúde. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), fumar pode reduzir a expectativa de vida das mulheres em até 14 anos e dos homens em até 10 anos. Globalmente, cerca de 8 milhões de pessoas morrem anualmente por causa do tabagismo, incluindo aproximadamente 200 mil no Brasil.

Não são apenas os cigarros convencionais que são problemáticos. Dispositivos eletrônicos como os vapes, populares entre os jovens e usados por alguns como alternativa ao tabaco, também são preocupantes. Usuários de vapes frequentemente têm níveis de nicotina no corpo equivalentes a fumar 20 cigarros por dia.

Durante o 44º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp), realizado no final de maio, especialistas discutiram os impactos graves do uso de nicotina. A substância, rapidamente absorvida pelo organismo através da fumaça do cigarro, atinge o cérebro em apenas nove segundos, desencadeando uma série de reações que levam à dependência.

Os problemas de saúde associados ao tabagismo incluem doenças respiratórias como bronquite crônica e enfisema, além de câncer de pulmão e doenças cardiovasculares como infarto e AVC. A nicotina não só causa dependência severa, mas também aumenta o risco de doenças cardíacas ao liberar adrenalina, acelerando o coração e elevando a pressão arterial.

Apesar da proibição da venda de cigarros eletrônicos pela Anvisa desde 2009 no Brasil, seu consumo continua, especialmente entre os mais jovens. Um projeto de lei em tramitação no Senado propõe regularizar a produção e venda desses dispositivos, apesar dos riscos à saúde associados.

Especialistas alertam que a indústria do tabaco tenta usar o conceito de "redução de danos" para promover os vapes como alternativa menos prejudicial, mas essa estratégia é vista como uma tática de marketing perigosa. Países que inicialmente liberaram os vapes estão reconsiderando suas decisões devido aos danos à saúde causados por esses dispositivos.

Diante dos impactos graves do tabagismo e dos riscos associados aos vapes, a conscientização e a regulamentação rigorosa são essenciais para proteger a saúde pública e promover uma vida mais longa e saudável para todos.

(Fonte: Agência Einstein)




PORTAL DO CONESUL
NAVIRAÍ MS
CNPJ: 44.118.036/0001-40
E-MAIL: portaldoconesul@hotmail.com
Siga-nos nas redes Sociais: