QUINTA-FEIRA, 27 DE JULHO DE 2017
Untitled Document
24/04/2015 | Fonte: Agazeta news

Veja o vídeo da hora que o jovem de 16 anos comete suicídio em Amambaí. (Imagens fortes)

Foto e vídeo /Rosenaldo Maurício

Um fato trágico chocou a população de Amambai na tarde de ontem quinta-feira, 23 de abril, em Amambai.

Um adolescente de 16 anos, portador de deficiência mental, cometeu suicídio ao se jogar de uma torre da operadora de telefonia “Oi”, situada no centro da cidade.

Segundo a Polícia Militar de Amambai, que esteve no local e ainda teria tentado dialogar com a vítima para evitar que se atirasse da torre, o rapaz teria pulado o cercado da área restrita que isola o local, onde antes funcionava uma central telefônica e hoje abriga a central da operadora, subido na torre e se jogado.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Amambai, que também esteve no local, o rapaz teria se jogado de uma altura de aproximadamente 15 metros, durante a queda acabou se chocando com várias hastes da estrutura de ferro e morreu na hora ao cair no solo.

Reincidente

Essa foi a segunda vez que o rapaz, que morava em uma casa de abrigo da cidade, tentou contra a própria vida.

No mês passado (março) nele já havia tentado se matar ao se atirar na frente de um carro na Avenida Pedro Manvailler, região central da cidade, mas na ocasião acabou sofrendo apenas escoriações leves, segundo o Corpo de Bombeiros que o socorreu na época.

Segundo uma integrante do abrigo onde o jovem era interno, freqüentemente ele apresentava crises e dava um jeito de fugir da casa de apoio.

Uma equipe da Polícia Civil de Amambai também esteve no local do suicídio realizando os levantamentos de praxe.

 

 

Vídeo 

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 24/07/2017 Empresário de MS morre no hospital dois dias depois de acidente aéreo
Postada em: 21/07/2017 Piloto morre e empresário de MS sobrevive a acidente aéreo em MT
Postada em: 20/07/2017 Veículos colidem de frente e três pessoas morrem em rodovia
Postada em: 20/07/2017 Mãe e filha estão desaparecidas após carro cair em rio
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra