SÁBADO, 23 DE MARÇO DE 2019
Untitled Document
14/03/2019 | Fonte: ASSESSORIA E COMUNICAÇÃO

Controle de Vetores divulga relatório de combate a Dengue no 1º ciclo de 2019

Foto: divulgação

 

Após a conclusão dos trabalhos do LIRA (Levantamento de Índice Rápido do Aedes Aegypti), realizado entre os dias 25.02 e 01.03 de 2019, o Setor de Controle de Vetores da Gerência Municipal de Saúde da Prefeitura de Naviraí apresentou relatório oficial das ações desenvolvidas no município durante o 1º Ciclo (Janeiro/Fevereiro) de 2019.

Em Naviraí foram registrados 40 casos suspeitos de Dengue e 02 suspeitos de Chikungunya, sendo que destes apenas 01 caso de dengue positivo confirmado até o momento.

De acordo com José Pereira da Silva Gerente de Equipe do Setor de Controle de Vetores, após a conclusão dos trabalhos do “LIRA” foi detectado um índice de infestação no município de 0,8%, sendo 02 estratos com médio risco e 01 estrato de Baixo Risco, uma escala que de acordo com o Ministério da Saúde, classifica Naviraí como “Baixo Risco para Epidemia”.

Para a realização do Levantamento deste Índice foram realizadas 10.834 visitas domiciliares, entre residências, comércios, pontos estratégicos, terrenos baldios e outros, resultando em 11 focos do mosquito Aedes Aegypti encontrados.

No trabalho junto aos pontos estratégicos que são borracharia, ferro velho e etc, foram realizadas 152 visitas, com 10 focos do mosquito, apontando um índice de infestação de 11,84%, ressaltando que todas as visitas são desempenhadas por agentes treinados e aptos para a captura de larvas, dosando o índice de infestação de cada micro área.

O Controle de Vetores do município conta com uma equipe de 20 Agentes de Endemias que desempenham as atividades de LI+T, tratamento e eliminação de criadouros, borrifação, coleta de armadilhas (Ovitrampas), bloqueio mecânico e com equipamento social e monitoramento do descarte de pneus do eco ponto.

Segundo José Pereira as ações estão sendo desenvolvidas para conscientizar a população sob a necessidade de todos atentarem para os cuidados com seus quintais, retirando todo e qualquer objeto que acumula água, a fim de eliminar possíveis criadouros do mosquito. “Precisamos ficar atentos e não descuidar de nossos quintais. Já temos 2 óbitos por dengue confirmados no estado, com 3.743 notificações realizadas. Autoridades e população juntas com certeza evitarão transtornos futuros”, finalizou.

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 23/03/2019 Procurador da República é acusado de avisar foragido sobre ordem de prisão
Postada em: 23/03/2019 Vereadora Lourdes quer adequação na cerca da área verde do Portinari
Postada em: 23/03/2019 Dias começam frescos, mas termômetro pode marcar 36ºC em MS
Postada em: 23/03/2019 Fugindo do caos, mais 123 venezuelanos chegam a MS no fim de semana
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra