TERÇA-FEIRA, 19 DE FEVEREIRO DE 2019
Untitled Document
06/02/2019 | Fonte: SULNEWS

Polícia Federal destrói treze toneladas de drogas

Ao todo, foram onze toneladas de maconha e duas de cocaína incineradas em uma usina de Dourados
A droga foi destruída em uma usina de Dourados | Foto: DIVULGAÇÃO

CAMPO GRANDE NEWS

Nesta terça-feira, a Polícia Federal destruiu treze toneladas de drogas que foram apreendidas pelas equipes de Ponta Porã, nos últimos três meses. Ao todo, foram onze toneladas de maconha e duas de cocaína incineradas na manhã de ontem.

Segundo nota, a droga foi transportada em carretas até uma usina em Dourados, onde foi destruída. Policiais federais e militares da Força Nacional escoltaram a carga até o local e acompanharam a incineração.

As 13 toneladas de entorpecentes foram apreendidas em três meses, durante flagrantes na região da fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, considerada a porta de entrada do tráfico para o resto do país. Apreensões feitas pela Polícia Federal, PRF (Polícia Rodoviária Federal), DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e Polícia Militar somam a carga destruída hoje.

No ano passado, foram realizadas quatro operações para destruição de drogas apreendidas, totalizando aproximadamente 60 toneladas. Ainda conforme a PF, para realizar a incineração são necessárias autorizações de diversos órgãos, como Justiça Federal, Justiça Estadual, Ministério Público e Vigilância Sanitária.

Droga foi escoltada até a usina pela Polícia Federal e Polícia Nacional (Foto: Divulgação)
Droga foi escoltada até a usina pela Polícia Federal e Polícia Nacional (Foto: Divulgação)

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 19/02/2019 Operação Fantoche contra fraude no setor de turismo cumpre mandados em MS
Postada em: 18/02/2019 Jovem atrasa aluguel e é agredida por dona de imóvel em MS
Postada em: 18/02/2019 PF prende suspeito de falsificar documentos indígenas e fraudar INSS
Postada em: 18/02/2019 Polícia procura motociclista que atropelou e matou uma criança
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra