SEGUNDA FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2019
Untitled Document
27/12/2018 | Fonte: G1

Camilla Camargo, filha de Zezé, fala: 'Nunca cogitei ser cantora'

Camilla Camargo — Foto: R+R/Divulgação

Em uma contagem rápida por sua família musical, Camilla Camargo tem ao menos sete pessoas envolvidas no meio da música:

Pai (Zezé Di Camargo)

Irmã (Wanessa)

Irmão (o DJ Igor Camargo)

3 tios (além de Luciano, a dupla Cleiton e Camargo)

1 prima (Day Camargo, dupla de Lara)

Apesar disso, Camilla optou por ser atriz. Formada em Rádio e TV pela Faap (Fundação Armando Álvares Penteado), ela até já soltou a voz em musicais ("Zorro"), mas prefere atuar.

“Sou apaixonada por música, porém nunca cogitei seguir carreira como cantora. Em uma família cheia de músicos, é bom ter alguém que atua pra dar uma equilibrada”.

“Profissionalmente, encaro o canto como complemento. Sempre brinquei que sou uma atriz que canta e não cantora que atua”, explica Camilla em entrevista.

Aos 33 anos, Camilla diz que sempre trilhou sua carreira e trajetória independentes da fama e sucesso do pai. Mas não nega a cobrança por ser filha de alguém já famoso.

Se tem algum ponto que talvez ajude, é de ter um ponto de partida onde parte da imprensa já tem curiosidade por você e seus trabalhos”.

Filme sobre UPPs

Um dos próximos papéis de Camila será em um filme sobre as Unidade de Polícia Pacificadora do Rio (UPPs). O nome ainda não foi definido: será “Cidade do Medo” ou “Intervenção”.

Ela será Luiza Bastos, uma jornalista que cobre o cotidiano das UPPs. Para o papel, Camilla passou a ver ainda mais os telejornais com notícias do Rio.

“Minha preparação foi mais de observação, para ver a diferença de uma repórter de rua e a de estúdio. E também dentro do tema abordado, que são as que cobrem lugares perigosos. Fora isso, exercícios de fono uma vez que a dicção nesta profissão é primordial”.

“Dar vida a personagem e mostrar a realidade dos repórteres que cobrem esse assunto foi um desafio que fez minha admiração por essa profissão crescer. O trabalho na rua não é fácil".

"Repórteres vão para lugares que muitas vezes não sabem exatamente o que vão encontrar: se é realmente pacificado, com qual situação vai lidar. Imagina saber que vai ter que colocar um colete à prova de balas para trabalhar?”, questiona.

Para fazer o filme, Camilla foi convidada por Rodrigo Pimentel (roteirista de "Tropa de Elite") para conhecer o BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais).

“Foi muito enriquecedor. A gente sempre tem uma ideia de como deve ser baseado no que a gente vê que sai na imprensa e em filmes, mas a realidade é outra coisa. Foi bacana ver o dia a dia deles, como tudo é organizado e ver o lado mais humano”.

Comédia no teatro

Camilla também estará nos palcos. Na comédia “O Divórcio”, a atriz é Gina Praddo, uma candidata a celebridade que está se separando do jogador de futebol Cacau Bello (Alex Gruli).

A separação nos palcos vai na contramão do que Camilla vive atualmente. Recém-casada com o diretor Leonardo Lessa, ela ainda desfruta o clima da lua de mel.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 22/03/2019 Novo contrato de Cauã Reymond com Globo tem valor elevado e exigências. Detalhes
Postada em: 19/03/2019 Mariana Ferrão deixa Globo e diz ter “sensação de liberdade”
Postada em: 16/03/2019 MC Guimê é detido por porte de maconha em São Paulo
Postada em: 13/03/2019 Bieber cai em depressão após descobrir ser estéril, diz site
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra