SEGUNDA FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2019
Untitled Document
24/12/2018 | Fonte: G1

Pabllo Vittar recicla 'Disk me' em EP com remixes

Foto: Divulgação / Sony Music

Pabllo Vittar continua apostando na música Disk me (Arthur Marques, Diego Timbó, Gorky, Maffalda, Pablo Bispo e Zebu, 2018), balada de acento R&B gravada com toques de pagode e tecnobrega no segundo álbum da artista, Não para não, lançado em 4 de outubro.

Música eleita o segundo single do álbum, Disk me está sendo reciclada em EP lançado mais de dois meses após a gravação original ter gerado clipe apresentado no dia seguinte do lançamento do álbum – clipe filmado sob direção e com roteiro da dupla Os Primos (João Monteiro e Fernando Moraes) que já ultrapassou 30 milhões de visualizações.

Editado neste mês de dezembro, o EP Disk me – Remixes apresenta dois remixes da faixa e uma versão demo da música, além da gravação original do álbum Não para não. Os remixes são assinados pelos produtores Maffalda e Omulu.

Maffalda é o codinome artístico do paulistano Arthur Gomes, creditado como um dos autores de Disk me e como um dos produtores do álbum Não para não. Já Omulu é o nome do DJ e produtor carioca Antonio Antmaper, nome ligado ao batidão do funk fluminense.

E por falar em Pabllo Vittar, a cantora e drag queen de origem maranhense e vivência mineira sai de 2018 sem causar a mesma sensação do ano passado.

Em que pesem os ainda expressivos números de plays e visualizações, paira a impressão de que Pabllo Vittar já não é a voz da vez... Impressão que não deverá ser revertida com a edição do EP Disk me – Remixes.

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 22/03/2019 Novo contrato de Cauã Reymond com Globo tem valor elevado e exigências. Detalhes
Postada em: 19/03/2019 Mariana Ferrão deixa Globo e diz ter “sensação de liberdade”
Postada em: 16/03/2019 MC Guimê é detido por porte de maconha em São Paulo
Postada em: 13/03/2019 Bieber cai em depressão após descobrir ser estéril, diz site
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra