SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO DE 2018
Untitled Document
04/12/2018 | Fonte: MS News

Funcionário da Energisa morre eletrocutado

Em outubro do ano passado um eletricista de 29 anos morreu quando fazia manutenção nesta rede elétrica, em Amambai. (Fotos: A Gazetanews/Arquivo)

Um funcionário da Energisa, concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica para a região, morreu e outro teve queimaduras, segundo as informações de natureza grave, após sofrerem uma descarga elétrica em Sete Quedas.

O acidente aconteceu na manhã dessa segunda-feira, 3 de dezembro, na linha internacional, segundo o site da rádio Educadora FM, na Vila Junqueira, distante cerca de 30 quilômetros da cidade. Já pela ocorrência registrada na Delegacia de Polícia Civil Sete Quedas, o fato teria ocorrido na Vila Santa Luzia, bem mais próxima da sede do município.

Ronaldo Fiori Figueiredo, de 32 anos, morador em Dourados e a outra vítima sobrevivente realizavam manutenção em uma rede elétrica rural sob responsabilidade da concessionária quando vieram a sofrer a descarga elétrica.

Segundo o site da rádio Educadora a vítima sobrevivente estaria no cesto elevado realizando a manutenção e a vítima fatal, Ronaldo Figueiredo, estava no chão.

Uma equipe da Polícia Civil de Sete Quedas esteve no local do acidente realizando levantamentos de praxe. O caso foi registrado como “morte a esclarecer” e um inquérito policial deverá apurar as causas do acidente.

Procurada pela reportagem do grupo A Gazeta, a Energisa, por meio de sua assessoria de imprensa, confirmou que as duas vítimas são de fato funcionários da empresa, ou seja, não de empresa terceirizada, prestadora de serviço à concessionária.

A Energisa informou também que está apurando as circunstâncias do acidente e que a empresa está prestando todo o apoio necessário ao funcionário ferido, que depois de ser atendido no Hospital Municipal em Sete Quedas foi transferido para uma unidade de saúde com maiores recursos médicos, bem como para as famílias das vítimas.

Segundo caso em 15 meses - Esse foi o segundo caso de acidente com morte de eletricista a serviço da Energisa registrado na região Cone Sul do Estado em 15 meses.

No dia 23 de outubro de 2017, Jean Roberto Pereira Weiss Ramos, de 29 anos, morador em Amambai, que prestava serviços para a concessionária, trabalhava na manutenção de uma rede, também de eletrificação rural, localizada na Rodovia MS-289 trecho que liga Amambai a Jutí, na região do Conjunto Habitacional Nossa Senhora Aparecida (antiga hípica), quando teria encostado em um fio energizado da rede de alta tensão, vindo a sofrer uma descarga elétrica e morrer.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 15/12/2018 Dois ficam feridos em acidente na BR-262
Postada em: 15/12/2018 Homem invade loja com carro após perder controle da direção
Postada em: 14/12/2018 Condutora fica presa às ferragens após bater veículo em árvore na MS-141
Postada em: 13/12/2018 Duas pessoas morrem atingidas por raios na zona rural em Mato Grosso do Sul
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra