SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO DE 2018
Untitled Document
28/11/2018 | Fonte: G1

Por crise entre Ucrânia e Rússia, Donald Trump ameaça cancelar encontro com Vladimir Putin

Montagem com fotos de Putin e Trump — Foto: Pavel Golovkin/Pool via Reuters; Jonathan Ernst/Reuters

Donald Trump pode cancelar o encontro com Vladimir Putin, antes previsto para ocorrer nesta semana durante a cúpula do G20 em Buenos Aires, na Argentina. Em entrevista ao jornal "The Washington Post" publicada nesta terça-feira (27), o presidente dos Estados Unidos disse que o motivo do cancelamento será a nova crise entre Rússia e Ucrânia, iniciada no domingo.

"Talvez eu não vá ao encontro. Eu não gosto dessa agressão. Eu não quero essa agressão de jeito nenhum", disse Trump ao "Post".

Ao jornal, o norte-americano disse aguardar um "relatório completo" da equipe de segurança nacional sobre a crise no Leste Europeu.

Trump já havia reagido à crise entre Rússia e Ucrânia na segunda-feira, ao sair da Casa Branca. "Nós não gostamos do que está acontecento, de maneira alguma. E espero que isso [a crise] seja resolvida", declarou, segundo a agência Reuters.

Mais cedo nesta terça-feira, o presidente russo, Vladimir Putin, expressou a "séria preocupação" de Moscou depois que a Ucrânia instaurou a lei marcial, que prevê mobilização de forças militares, entre outras medidas. O Kremlin teme uma escalada na tensão na Crimeia, região da Ucrânia anexada pela Rússia em 2014.

Putin pediu à chanceler da Alemanha, Angela Merkel, que tente dissuadir Kiev de qualquer ato "irracional" em resposta à captura de três embarcações ucranianas pela frota de Moscou no domingo. Além dos dois navios de patrulha e de um rebocador, tropas russas detiveram 20 marinheiros ucranianos.

Na Ucrânia, a lei marcial permite uma série de restrições, incluindo limitações de movimentação e assembleia pacífica, toques de recolher e restrições à mídia, embora o decreto de Poroshenko não faça referência específica a tais medidas.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 14/12/2018 Mais Médicos não preenche nem metade das vagas em MS
Postada em: 13/12/2018 Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 42 milhões
Postada em: 13/12/2018 Em MS, 39 municípios estão alerta para dengue, chikungunya e zika
Postada em: 12/12/2018 Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 36 milhões nesta quarta-feira
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra