DOMINGO, 24 DE FEVEREIRO DE 2019
Untitled Document
26/11/2018 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Área plantada de soja bate recorde e MS registra aumento de 140 mil hectares

Plantação em MS (Foto: Semagro)

Mato Grosso do Sul já atingiu 98,1% do esperado para o plantio de soja na safra 2018/19, de acordo com levantamento da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). A porcentagem representa um total que deve chegar a 2,84 milhões de hectares, 140 mil a mais em relação a safra anterior.

Os números fazem parte do relatório do Serviço de Informação Geográfica do Agronegócio, desenvolvido em parceria com Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul Federação da Agricultura e Pecuária de MS.

Mato Grosso do Sul já atingiu 98,1% do esperado para o plantio de soja na safra 2018/19, de acordo com levantamento da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). A porcentagem representa um total que deve chegar a 2,84 milhões de hectares, 140 mil a mais em relação a safra anterior.

Os números fazem parte do relatório do Serviço de Informação Geográfica do Agronegócio, desenvolvido em parceria com Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul Federação da Agricultura e Pecuária de MS.

“São 140 mil hectares de crescimento, um recorde em termos de área plantada em Mato Grosso do Sul, chegando a 2,84 milhões hectares no total. Essa expansão, que já é verificada há quatro anos, tem ocorrido essencialmente em áreas de pastagem que foram convertidas em área para a agricultura. Isso ocorre graças às pesquisas e à tecnologia aplicada ao campo, o que possibilita ainda que essas novas lavouras possam render até duas safras por ano, intercalando a soja e o milho”, comenta o secretário da Semagro, Jaime Verruck.

Jaime destaca ainda a produtividade do grão. “Se mantivermos os mesmos índices do ano passado, quando foram colhidos até 59 sacos por hectare, chegaremos a uma safra recorde de 10 milhões de toneladas. A estimativa é essa, mas depende de fatores como o clima e outras condições favoráveis. Agora, vamos continuar o monitoramento por meio do Siga e acompanhar as condições da lavoura”, finaliza.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 20/02/2019 Tempo amanhece nublado e meteorologia alerta para chuva em MS
Postada em: 18/02/2019 Semana começa com a abertura de doze concursos
Postada em: 15/02/2019 Morador aproveita enchente para andar de caiaque na avenida
Postada em: 14/02/2019 Temperatura deve cair um pouco no Estado e chuva continua
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra