SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO DE 2018
Untitled Document
25/10/2018 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Transtornada, mulher abandona bebê em canteiro de avenida

Crianças e mãe foram levadas pelos bombeiros para o CRS Tiradentes; Assistência Social e Conselho Tutelar foram acionados. - Crédito: (Adriano Fernandes)

Um bebê com idade entre dois ou três meses foi deixado pela mãe no fim da tarde desta quarta-feira, dia 24 de outubro, no canteiro central da avenida Rita Vieira de Andrade, no cruzamento com a rua José Pereira Ferreira, no Rita Vieira, em Campo Grande. A mulher responsável pelo abandono, que tinha outra criança nos braços, aparentava estar em surto e correu do local, mas acabou contida por populares e recebeu atendimento de uma equipe do Corpo de Bombeiros.

Uma mulher de 34 anos, acompanhada do marido, acudiu a criança. Ela, que preferiu não se identificar, disse que outro homem passava pelo local e viu a mãe do bebê –que tinha consigo a outra filha, com cerca de 3 anos de idade, chorando muito no canteiro da avenida.

Em certo momento, a mãe apontou para o local onde estava o bebê e saiu correndo pela avenida, com a outra criança no colo. Ela entrou em um automóvel Honda Fit que passava pela via. A motorista do veículo disse que a mulher aparentava estar transtornada. “Ela não falava coisa com coisa”, disse a motorista ao site Campo Grande News. Assustada, a condutora decidiu contornar a avenida Rita Vieira e voltar ao local onde a mãe do bebê entrou no seu carro. Nesse momento, a mãe das crianças disse que havia deixado a filha para trás.

Ao chegarem ao local, o casal que falou com a reportagem já prestava socorro ao bebê. A mulher de 34 anos disse que passava de carro por ali quando viu a cena e decidiram ajudar a criança –o homem que havia notado o abandono deixou o local. No bebê-conforto, havia uma mamadeira. “Eu peguei ela nos braços e dei de mamar. Aí ela (a bebê) dormiu”, contou.

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram acionados, e a mãe das crianças foi mantida ali até que as autoridades chegassem. Apesar da situação, tanto a bebê como a outra filha –que chorou muito com os fatos– passavam bem. A mãe e as crianças foram levadas para o CRS (Centro Regional de Saúde) Tiradentes para exames, sendo que a Assistência Social e o Conselho Tutelar foram acionados.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 14/12/2018 Governo e municípios podem receber R$ 109 milhões
Postada em: 14/12/2018 Contemplados do Belo Horizonte vão assinar contrato com a Caixa Econômica.
Postada em: 14/12/2018 Prefeitura de Naviraí mais uma vez antecipa e quita 100 por cento do 13º Salário nesta sexta-feira
Postada em: 13/12/2018 Vendedora de salgados acha bolsa com todo o 13° de idosa e devolve à dona
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra