SEGUNDA FEIRA, 19 DE NOVEMBRO DE 2018
Untitled Document
18/10/2018 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Briga por ração de gado termina em assassinato em fazenda do Pantanal

Corpo de vítima caído em sede de fazenda (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Uma briga por causa de ração de gado terminou na morte do trabalhador rural Manoel Rubens Garcia, 58 anos. Ele foi assassinado a golpes de punhal na noite de ontem (16), em fazenda localizada na região do Pantanal da Nhecolândia, zona rural de Aquidauana – a 135 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o jornal O Pantaneiro, o principal suspeito de cometer o crime foi identificado apenas como Fabrício. As primeiras informações são de que, suspeito e vítima brigaram por causa de ração de gado na sede da fazenda, à tarde.

Segundo a Polícia Civil, os dois chegaram a discutir, mas foram separados por amigos. À noite, Fabrício encontrou Manoel sentado em uma cadeira da casa e o atacou por trás.

A vítima levou aproximadamente seis golpes na nuca e morreu no local. O corpo foi recolhido e encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Aquidauana.

O SIG (Setor de Investigações Gerais) e Perícia Criminal da Polícia Civil buscam pelo suspeito, que fugiu após o crime.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 13/11/2018 Pistoleiros que mataram advogada são brasileiros, diz polícia paraguaia
Postada em: 13/11/2018 Jovem de 18 anos morre eletrocutado durante limpeza de alojamento na Unei
Postada em: 13/11/2018 Caminhoneiro agarra adolescente pelo pescoço em festa e a estupra em matagal
Postada em: 13/11/2018 Advogada de Pavão e Marcelo Piloto é morta com 18 tiros na fronteira
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra