SEGUNDA FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2018
Untitled Document
18/09/2018 | Fonte: CORREIO DO ESTADO

Candidato a reeleição, Azambuja é o único que não comparece a debate em Dourados

Atual governador justificou ausência devido a viagem de última hora - Foto: Divulgação/DouradosNews

Candidato a reeleição ao Governo de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), foi o único participante que não compareceu no debate realizado ontem (17), na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), em Dourados.

Participaram do encontro, promovido pela rádio douradense Grande FM 92.1 na universidade, os candidatos João Alfredo (PSOL), Odilon de Oliveira (PDT), Humberto Amaducci (PT), Marcelo Bluma (PV) e Júnior Mochi (MDB). O debate foi dividido em 6 blocos com abordagem de temas livres e específicos.

Em nota, a assessoria de Azambuja informou que ele não pode comparecer ao debate devido a uma viagem de última hora para Brasília, mas o motivo não foi informado.

Na semana passada, o candidato também não compareceu ao debate realizado pela Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), em Campo Grande, após ser alvo da operação Vostok deflagrada no mesmo dia pela Polícia Federal.

DEBATE

No primeiro bloco, candidatos se apresentaram e agradeceram a oportunidade de trazer para a região da Grande Dourados suas propostas para conhecimento da população. Já no segundo bloco, iniciaram-se os debates entre os candidatos seguindo temas livres.

Ainda no segundo bloco, o candidato Odilon de Oliveira (PDT) questionou Marcelo Bluma (PV) sobre a integridade de Reinaldo Azambuja (PSDB), relembrando a Operação Vostok. Além do tema sobre Azambuja, candidatos abordaram questões como segurança e saúde de Mato Grosso do Sul.

No quarto bloco, Odilon de Oliveira (PDT) foi questionado por Humberto Amaducci (PT), sobre corrupção, relembrando a denúncia do ex-assessor Jedeão Oliveira. Odilon rebateu a pergunta relembrando a ação imediata de exoneração do servidor e reforçou a consideração de “vingança política”.

Os dois últimos blocos foram debatidos a educação nas universidades, infraestrutura e condições das escolas pública e combate ao agrotóxico contrabandeado e a preservação das áreas ambientais.

Após a finalização do sexto bloco, os candidatos se cumprimentaram, agradeceram aos eleitores e falaram da importância das eleições esse ano para Mato Grosso do Sul.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 18/10/2018 Fi da Paiol reivindica base da Policia Militar Rodoviária Estadual
Postada em: 18/10/2018 Klein pede recuperação da sinalização nas ruas e reposição de lâmpadas
Postada em: 18/10/2018 Vereadora Rosangela homenageia professores e Ivonete Dezinho
Postada em: 17/10/2018 Justiça Eleitoral não encontrou problema em urna denunciada por PM
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra