SEGUNDA FEIRA, 10 DE DEZEMBRO DE 2018
Untitled Document
01/09/2018 | Fonte: G1

Justiça do RJ condena Alexandre Frota a indenizar Chico Buarque em R$ 50 mil

Ator e candidato Alexandre Frota participa de protesto na Avenida Paulista (Foto: Glauco Araújo/G1)

juiz Rossidelio Lopes da Fonte, da 36ª Vara Cível do Rio, condenou o ator Alexandre Frota a indenizar o compositor e cantor Chico Buarque em R$ 50 mil por danos morais. Em outubro, o ator xingou o compositor, pelo Twitter. Frota disse que vai recorrer.

Na sentença, o juiz destaca que Alexandre Frota atacou o compositor, que é artista nacionalmente conhecido, com ofensas de baixo calão e atribui a ele o cometimento de crime para agradar alguns setores políticos. Além disso, fez uso na postagem de foto do Chico Buarque sem sua autorização.

"Desnecessário repetir no corpo da sentença as expressões que se encontram nos autos (...) Qualquer pessoa pública tem sua esfera de crítica alargada diante das pessoas anônimas na sociedade. Essas críticas podem atingir inclusive seus posicionamentos políticos. O Direito deve recepcionar todo o tipo de crítica desde que seja exercido este direito dentro de uma esfera de bom senso e restrito às atividades públicas do criticado. Não é o caso em tela onde a manifestação expressada ultrapassa em muito a crítica pela atuação do autor como artista e como agente político para imputar xingamentos e crimes sem que para isso tenha qualquer prova", escreveu o magistrado.

Na mesma rede social em que cometeu as ofensas, Frota disse que pretende recorrer e que não retira as palavras.

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 10/12/2018 Ivete Sangalo lança primeiro clipe de novo DVD
Postada em: 10/12/2018 Travando batalha contra o câncer, Ana Furtado não comparece no É de Casa e entrega: “É uma despedida”
Postada em: 10/12/2018 Zé Neto cai no choro ao vencer com Cristiano na categoria Música do Ano o Troféu Domingão 2018
Postada em: 08/12/2018 Sophie Turner diz ter se sentido poderosa em novo longa do X-Men
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra