TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2018
Untitled Document
25/08/2018 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Vendaval derrubou torre de internet e fez ônibus escolar sair da pista em MS

Apesar dos estragos e transtornos, não houve feridos, dizem coordenadores da Defesa Civil
Torre de internet caiu sobre casa em Ivinhema (Foto: Defesa Civil)

A Defesa Civil de Mato Grosso do Sul aos poucos está contabilizando os estragos causados pelo temporal que atingiu o estado nessa sexta-feira (24). Os municípios mais atingidos ficam na região sul, onde os ventos atingiram pelo menos 65 quilômetros por hora, segundo registros do Inpe (Instituto Nacional de Meteorologia), podendo ter alcançado até 100 quilômetros em alguns pontos.

Em Ivinhema, o vento derrubou uma torre de internet em cima de uma casa no bairro Triguenã. Ninguém se feriu e a estrutura causou danos na cobertura do imóvel.

O coordenador local da Defesa Civil, Paulo César Ramos, disse que o órgão está ajudando a família com telhas para substituir as que foram quebradas durante o incidente. “De resto, houve muitas quedas de árvores na cidade, pelo menos dez somente na área urbana. Os bombeiros foram chamados para atender algumas ocorrências desse tipo nas estradas que fazem parte da nossa região”.

Em Glória de Dourados, um ônibus escolar foi jogado para fora da pista pelo vento. O veículo era conduzido por Carlos Bueno. Segundo ele, chovia muito no momento do acidente, inclusive pedras de granizo.

“Liguei na Secretaria de Obras e eles mandaram um guincho para me puxar de volta para a estrada”, conta o motorista.

Em Caarapó, uma passarela na praça de pedágio da BR-163 foi destelhada. Jaime Pereira Alves, coordenador da Defesa Civil desse município, disse que também houve queda de árvore e o desabamento de parte de uma casa perto da rodovia. No local, segundo ele, havia um pai e os cinco filhos, nenhum deles se feriu.

O tombador de carretas do Terminal Rodoferroviário de Chapadão do Sul desabou. Esse local funciona como uma espécie de rampa que ergue os veículos para despejar a carga. Segundo informações do site Jovem Sul News, não houve feridos e o Corpo de Bombeiros irá avaliar os danos.

Sobre os temporais, o meteorologista Diogo Arcego do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) afirma que a quantidade mais significativa de chuva foi registrada em Ivinhema, com 16 milímetros. Em Aquidauana foram 11 milímetros e em Três Lagoas, sete milímetros.

O problema, segundo ele, é que em muitos lugares a precipitação veio acompanhada de rajadas que atingiram pelo menos 64 quilômetros por hora, como foi o caso de Dourados.

Queda de árvore em Caarapó (Foto: Direto das Ruas)

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 22/10/2018 Carreta tomba, deixa madeira espalhada e trânsito lento na BR-163
Postada em: 18/10/2018 Motorista fica ferido ao cair com carro de viaduto em Campo Grande
Postada em: 18/10/2018 Moçambicano morre afogado ao tentar atravessar lago a nado
Postada em: 15/10/2018 Jovem corre atrás de ônibus em movimento, tenta forçar porta para entrar e morre atropelado em MS
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra