QUINTA-FEIRA, 13 DE DEZEMBRO DE 2018
Untitled Document
24/08/2018 | Fonte: G1

Ed King, ex-membro do Lynyrd Skynyrd e coautor de 'Sweet Home Alabama', morre aos 68 anos

O guitarrista americano Ed King, ex-membro do Lynyrd Skynyrd (Foto: Reprodução/Facebook/Gibson)

guitarrista americano Ed King, ex-membro da banda Lynyrd Skynyrd e um dos compositores da canção "Sweet Home Alabama", morreu aos 68 anos, informou um comunicado divulgado nesta quinta-feira em seu perfil oficial do Facebook.

"Com grande dor anunciamos a morte de Ed King, que faleceu em sua casa de Nashville, no estado americano do Tennessee, em 22 de agosto. Agradecemos aos muitos amigos e fãs pelo amor e apoio a Ed durante sua carreira", explica a nota.

A revista "Rolling Stone" afirmou que King sofria de câncer de pulmão e estava hospitalizado.

Embora tenha começado a carreira na banda Strawberry Alarm Clock, Ed King ficou conhecido por ser um dos membros do Lynyrd Skynyrd. O grupo, junto ao The Allman Brothers Band, se transformou no máximo representante do rock do sul dos EUA.

 

Rock com blues, country e sol

 

Surgido nos anos 70, o gênero unia o rock com o blues, o country e o soul, se deixava levar por longas improvisações instrumentais, e seus músicos mostravam de maneira constante o orgulho por pertencer ao sul dos Estados Unidos.

King se incorporou em 1972 ao Lynyrd Skynyrd, grupo liderado por Ronnie Van Zant e formado na Flórida (EUA).

O guitarrista chegou a tempo para gravar o primeiro e popular disco do grupo (1973), que incluía hinos do rock sulista como "Free Bird".

 

Uma das três guitarras

 

King também deixou sua marca em dois álbuns, "Second Helping" (1974) e "Nuthin Fancy" (1975), a época mais bem-sucedida do conjunto. Junto a Gary Rossington e Allen Collins, contribuiu para criar o som entrelaçado de três guitarras características do Lynyrd Skynyrd.

Além disso, King foi um dos compositores de "Sweet Home Alabama", a canção mais famosa do grupo e que ainda é ouvida de maneira habitual nas rádios de rock.

"Sweet Home Alabama" foi uma resposta às músicas de Neil Young "Southern Man" e "Alabama", nos quais o canadense criticava os estereótipos e a história do sul dos EUA.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 13/12/2018 Ana Hickmann diz que está sendo perseguida por uma mulher
Postada em: 13/12/2018 Criadora do 'ninguém solta a mão de ninguém' tatua desenho pela primeira vez
Postada em: 13/12/2018 Após processo de Fernanda Lima, Eduardo Costa 'dá tempo' em rede social: 'Cansado e contrariado'
Postada em: 12/12/2018 Rafael é o grande vencedor do ‘MasterChef Profissionais’ 2018
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra