TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2018
Untitled Document
20/08/2018 | Fonte: CORREIO DO ESTADO

Trio é preso suspeito de executar policial e amigo na fronteira

Trio foi preso na manhã de hoje. Polícia investiga ajuste de contas por causa de crime organizado - Foto: Foto: Divulgação/ Conesul News

Trio suspeito de matar o suboficial da polícia paraguaia, Diego Gerardo Maidana e seu acompanhante Mauricio Jara Rodas, foi preso na manhã deste domingo (19). O crime ocorreu na tarde de ontem (18), em Pedro Juan Caballero, a 40 quilômetros de Ponta Porã.

De acordo com o Conesul News, os acusados foram identificados como Pastor Torres Salazar, Oscar David Herrera e Ernan Ortiz Arce, vulgo ‘Galoí’, que possuía mandado de prisão expedido por tentativa de homicídio.

Os policiais apreenderam em residência próximo ao local do crime, uma pistola, cartuchos de escopeta, calibre 40, dois carregadores para pistola, oito aparelhos de celular e ainda, tabletes de maconha.

As apreensões desses objetos aconteceram por meio dos investigadores da Direção de Investigação Criminal de Casos Puníveis. O policial e o amigo, foram executados com 60 tiros de fuzil e pistola.

Crime

Diego era suboficial do Departamento Nacional Robert Acevedo. Ele e Maurício, seguiam pela estrada em uma caminhonete Toyota Hilux, quando perceberam que estavam sendo perseguidos.

Os pistoleiros estavam em outra caminhonete. O policial começou a fugir em alta velocidade, mas perdeu o controle de direção e capotou o veículo. Os bandidos se aproximaram e executaram as vítimas com tiros de fuzil e pistola.

A polícia trabalha com a hipótese de que as duas vítimas foram mortas em um ajuste de contas por conta do crime organizado que atua na região de fronteira

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 22/10/2018 Pai suspeito de tiro acidental continua foragido e possui mandado em aberto por violência doméstica, diz polícia
Postada em: 22/10/2018 Aposentado é preso suspeito de estuprar enteada desde os 09 anos
Postada em: 22/10/2018 Homem tenta fugir, mas acaba preso com 392 quilos de maconha
Postada em: 22/10/2018 Polícia caça 37 suspeitos de crimes, entre eles ex-jogador de futebol
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra