DOMINGO, 19 DE AGOSTO DE 2018
Untitled Document
10/08/2018 | Fonte: G1

Auxiliar técnico de futebol é preso em MS suspeito de abusar de 6 pessoas

Um homem de 50 anos foi preso nessa quinta-feira (9), em Três Lagoas, a 326 km de Campo Grande, suspeito de ter abusado sexualmente de crianças e adolescentes de uma escola de futebol. Ele foi indiciado por estupro de vulverável.

De acordo com a polícia, o homem é auxilar técnico da escola. A primeira denúncia chegou ao Ministério Público (MP), no fim do mês passado. Um jovem de 18 anos relatou que foi abusado pelo auxiliar quando tinha entre 7 e 14 anos de idade. O MP, então, acionou a Polícia Civil, que deu início as investigações.

Segundo o delegado Roberto Guimarães, responsável pelo caso, durante as investgações do primeiro caso, foram descobertos outros dois. Esses últimos foram confirmados por uma equipe de psicólogos. "Esse trabalho dos psicólogos foi fundamental, com base no laudo deles eu pedi a prisão preventiva do auxilar técnico" , disse o delegado.

Com a prisão preventiva decretada o auxilar técnico foi detido. Ele nega que tenha cometido os abusos. O homem foi levado para a Penitenciária de Três Lagoas. Na tarde desta terça, outras três pessoas foram à delegacia denúnciar o homem, totalizando 6 possíveis vítimas. A polícia segue com as invegistações e não descarta que novas denúncias surjam.

A escola de futebol informou que o homem não é funcionário e que aparecia eventualmente nos treinos para apenas ajudar. A escola ainda relata que não compactua com atos criminosos contra crianças e adolescentes.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 19/08/2018 Mulher de 18 anos leva tiro no rosto durante briga com marido
Postada em: 19/08/2018 Jovem morta no litoral de SP estava grávida; suspeito do crime afirma ser o pai
Postada em: 19/08/2018 Casal é preso em MS com cocaína que levaria para BA como pagamento a traficante
Postada em: 19/08/2018 Número de denúncias de violência contra crianças e adolescentes aumentou em MS
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra