DOMINGO, 21 DE OUTUBRO DE 2018
Untitled Document
08/08/2018 | Fonte: G1

Habeas corpus André Puccinelli será julgado por ministro

Ex-governador André Puccinelli e filho, sendo transportando em veículo da PF (Foto: Gustavo Arakaki/TV Morena)

habeas corpus do ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, do filho, André Puccinelli Junior e do advogado João Paulo Calves será julgado pelo ministro Alexandre de Morais, do Supremo Tribunal Federal (STF). A redistribuição do caso ocorreu na tarde desta terça-feira (7), apontando Morais como responsável por analisar o processo.

Os três envolvidos estão presos desde o dia 20 de julho, eles são réus por lavagem e desvio de dinheiro e já tinham sido presos pela Polícia Fderal em 2017 na Operação Lama Asfáltica. Eles conseguiram a liberação no dia seguinte. As prisões de julho foram determinadas, conforme a polícia, por conta de novas provas envolvendo a Ícone, empresa de cursos jurídicos de Puccinelli Júnior.

Puccinelli tornou-se réu pela segunda vez na Lama Asfáltica acusado de receber propina da JBS em troca de benefícios fiscais. O ex-governador de Mato Grosso do Sul e outras 11 pessoas são acusadas de recebimento de propina da JBS em troca da concessão de benefícios fiscais à empresa entre 2007 e 2015, período em que ele administrou o estado.

O ex-governador já teve 2 habeas corpus negado pela justiça. No dia 27 de julho, o vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, recusou liminar referente ao caso.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 18/10/2018 Fi da Paiol reivindica base da Policia Militar Rodoviária Estadual
Postada em: 18/10/2018 Klein pede recuperação da sinalização nas ruas e reposição de lâmpadas
Postada em: 18/10/2018 Vereadora Rosangela homenageia professores e Ivonete Dezinho
Postada em: 17/10/2018 Justiça Eleitoral não encontrou problema em urna denunciada por PM
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra