SEGUNDA FEIRA, 16 DE JULHO DE 2018
Untitled Document
12/07/2018 | Fonte: ASSESSORIA E COMUNICAÇÃO

É melhor clarear os dentes em casa ou no consultório?

Conheça algumas das vantagens e desvantagens de cada procedimento
Foto: Reprodução

Os avanços na odontologia estética ampliaram e aperfeiçoaram os métodos de clareamento dental. Existem hoje procedimentos que podem ser realizados em casa ou no consultório, sendo que há vantagens e desvantagens em cada situação.

O clareamento caseiro é mais barato, por isso se popularizou mais rapidamente. “Inicialmente, ele era realizado com peróxido de carbamida”.

Isso conferiu má fama ao procedimento. “Até hoje recebo pacientes que não querem fazer o clareamento caseiro por receio de passar muitas horas com a moldeira”, afirma Dr. Giuliano.

Mas isso deixou de ser necessário. O gel usado para clarear os dentes passou a ser o peróxido de hidrogênio. “Ele é igual ao gel usado no consultório pelos dentistas, mas em menor concentração”, explica.A vantagem é que permite clarear os dentes em aplicações de 30 a 60 minutos.

Dentes sensíveis

O tratamento caseiro deve ser realizado diariamente, durante duas semanas. É ai que mora o perigo. Há risco do paciente sentir desconforto, ter sensibilidade nos dentes, o que forçaria uma interrupção do tratamento.

“A vantagem do laser é que ele tira a sensibilidade”. O clareamento, na verdade, não é feito apenas pelo laser e sim pela combinação dele com o gel clareador.

“O laser é como um acelerador do processo”, explica o Dr. Giuliano. “Mas resolve o problema de pessoas que tinham sensibilidade no colo do dente, situação que inviabilizava qualquer outro clareamento”.

A aplicação com o laser é feita com várias luzes ao mesmo tempo, o que permite uma sessão rápida. “O tratamento todo pode ser feito em apenas duas aplicações, com intervalo de uma semana entre elas”.

Outro alerta  é que optar por fazer o procedimento em casa não indica que a supervisão do dentista pode ser descartada. “Os produtos utilizados, inclusive, precisam ser recomendados pelos profissionais. Existem substâncias comercializadas que nem sequer são registradas e podem prejudicar a boca”, afirma o Dr. Giuliano.

Duração do resultado

A principal diferença entre os procedimentos está na duração dos resultados. O tratamento com laser clareia os dentes mais rapidamente, porém o resultado é menos duradouro.

Já o clareamento caseiro dura mais. Mesmo os dentistas que defendem e recomendam o clareamento com laser admitem ser melhor combinar o procedimento com o clareamento caseiro, para ter melhor eficácia.

Por isso, outra questão que precisa ser considerada na opção de clarear os dentes com gel - seja no consultório ou em casa -  é que os custos, provavelmente, serão repetidos mais de uma vez. Com o passar do tempo a manutenção é uma necessidade. Neste processo, se por acaso o paciente não puder fazer o clareamento com gel ou laser por alguma contraindicação, existem outras opções : A faceta (lentes de contato dentária) ou a coroa de porcelana.

O branco original

  O Dr. Giuliano explica que o desejo dos pacientes varia muito. “Alguns querem um branco natural, outros preferem o mais branco possível”, comenta. Mas o clareamento apenas devolve ao dente a coloração original. Isso significa que as pessoas que naturalmente têm uma pigmentação escura não vão ficar com o dente muito claro.

“Quando tratamos uma cárie, vendemos um resultado: o da cárie curada. Já com o clareamento é diferente, o que oferecemos é um procedimento, sendo que o resultado pode variar porque é um procedimento estético”, compara o Dr. Giuliano.

Para manter o resultado por mais tempo, é bom evitar alimentos com corante e frutas vermelhas durante os três meses após o tratamento. Cigarros, café, vinho tinto e chocolates são grandes vilões para os dentes. Mesmo após os primeiros meses ainda é recomendado moderação.

  Atualmente na Clínica CLIRON usa-se a associação das 02 técnicas: o clareamento a laser complementado com o caseiro. Relato de casos feitos na clínica comprova que o resultado é maximizado dessa forma, dando maior satisfação ao paciente. Outra vantagem de fazer a associação da técnica é que a moldeira que será usada para fazer o clareamento caseiro também poderá ser usada para o gel dessensibilizador, caso haja sensibilidade nos dentes clareados, diminuindo os sintomas.

Dr. Giuliano Guilherme de Lima - CRO/MS - 3583

- Cirurgião Dentista

 - Especialista em Implantodontia

- Especialista  em Endodontia

- Especialista em Radiologia

- Pós graduado em Cirurgia

Tel: (67) 3461 3399

www.cliron.com.br

facebook/clinicacliron

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 13/07/2018 Posto de Saúde do Bairro Vila Nova realiza 1° Encontro com idosos
Postada em: 05/07/2018 Efeitos da Diabetes na Saúde Bucal
Postada em: 05/07/2018 Hospital Municipal de Naviraí assina Termo de Cooperação aos Pacientes Portadores de Deficiência
Postada em: 28/06/2018 O que você precisa saber sobre Reabilitação Oral
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra