SEXTA-FEIRA, 16 DE NOVEMBRO DE 2018
Untitled Document
29/06/2018 | Fonte: Marie Claire

“Estou em uma fase mais caseira” diz Cleo Pires

Foto: Caio Ciuccio

Espontânea, camaleoa, multitarefa. Cleo é isso e muito mais. Aos 35 anos, a atriz resolveu se jogar em uma nova carreira -  e surpreendeu! Em março se lançou como cantora com a música “Jungle Kid”, em inglês, com um clipe extrasensual. Aliás, a moça tem mostrado sua faceta sedutora diariamente em postagens nas redes sociais, com imagens vestindo lingeries de renda ou transparências. Mas e na vida real, será que ela é assim?

A revista Marie Claire propôs uma entrevista diferente à atriz: em vez de responder a perguntas, ela teria que escolher entre duas palavras. A brincadeira “Isto ou Aquilo”, que faz sucesso entre vloggers, revelou traços da personalidade da celebridade. Quer saber mais? Leia abaixo.

Loira ou morena?
Os dois, pode? Eu amo o meu cabelo no tom natural, mais escuro. Mas tenho curtido muito o atual, com nuances mais loiras.

Cantar ou atuar?
Cantar e atuar. Não tem como escolher apenas uma, são vertentes minhas que me completam como profissional e pessoa. Amo fazer os dois.

Netflix ou balada?
Netflix. Estou em uma fase mais caseira, em que prefiro assistir séries e jogar vídeo game com meus amigos e família a sair para a balada. Não tenho problema em sair de vez em quando, também, mas nesse momento estou mais em casa.  

Tatuagem ou piercing?
Tatuagem. Acho muito bonito, mas sou suspeita para falar, né? Nesse final de semana até fiz outra (risos).

Mulher ou homem?
Em que sentido? Há mulheres maravilhosas na minha vida, que admiro muito e que me ensinaram muitas coisas, como minhas avós Odícia e Elza (já falecida). Assim como homens também, como os meus pais Orlando e Fábio. Agora, se for no sentido de relação amorosa, é homem.

Calor ou frio?
Calor.  Eu gosto muito de mar, sol, praia... Me sinto mais disposta. Mas, para um dia de preguiça, tem que ser frio, com certeza (risos).

Salto ou rasteirinha?
Pode ser tênis? Não fico muito refém do salto e raramente uso rasteirinha.

Calcinha de renda ou calçola da vovó?
Depende do dia, do meu humor. Hoje, escolho renda. 

Sexy ou comportada?
Não curto muito rótulos, mas acho que podemos ser sexy e comportada. Aliás, podemos ser o que quisermos ser, como e quando quisermos. Temos esse poder de escolha.

Ao vivo ou playback?
Ao vivo. Eu gosto de ter a liberdade de deixar a performance mais livre quando me apresento e no playback fica muito quadrado.

Beyoncé ou Rihanna?
Ah, que difícil (risos)! Posso escolher as duas? São grandes artistas e geniais em suas próprias vertentes, não dá para escolher entre uma e outra.

Flores ou chocolate?
Chocolate. Eu amo doce, é um dos meus pontos fracos.

Brasil ou exterior?
Brasil. Por mais que estejamos passando por um momento político, econômico e social muito bizarro, amo o meu país e ainda tenho muito trabalho para concretizar aqui. Não descarto ter novamente uma vida no exterior, mas nesse momento sigo no Brasil.

Bocão ou olhão?
Eu prefiro olhão, acho que dá um up na make.

Malhar ou dormir?
Depende do dia. Eu tenho feito um trabalho corporal muito bom com a professora Patrícia Passos e sempre fico animada nas aulas, mas tem dias que é mais difícil levantar da cama.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 13/11/2018 Banda Cachorro Grande anuncia parada após turnê de despedida
Postada em: 13/11/2018 Criador dos heróis da Marvel, Stan Lee morre aos 95 anos
Postada em: 13/11/2018 Susana Vieira está com leucemia há três anos; doença está estabilizada
Postada em: 12/11/2018 Kevinho posta mensagem após ferimento no rosto: 'Obrigado pelo livramento'
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra