TERÇA-FEIRA, 13 DE NOVEMBRO DE 2018
Untitled Document
16/06/2018 | Fonte: CORREIO DO ESTADO

Motorista que causou acidente com morte já foi preso por dirigir embriagado

Acidente aconteceu na manhã de hoje, na Capital - Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

aulo Lucas Barbosa Vieira, 27 anos, motorista que causou acidente que resultou na morte do casal Luiz Vicente da Cruz, 69 anos, e Aparecida Souza da Cruz, 59 anos, já foi preso em 2016 por causar outro acidente por dirigir embriagado. Na ocasião, em 2016, ele pagou fiança e foi liberado.

Conforme consta nos autos do processo no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o acidente acontece no dia 3 de dezembro de 2016, em Ribas do Rio Pardo. Saulo conduzia o mesmo veículo que dirigia no acidente de hoje, e bateu em uma motocicleta que estava estacionada.

Após a colisão, ele fugiu do local e foi surpreendido posteriormente por policiais militares, em visível estado de embriaguez, com dificuldade de fala, hálito com forte odor etílico, equilíbrio alterado e olhos avermelhados.

Na Delegacia de Polícia Civil, Saulo confessou que bebeu algumas latas de cerveja . Na ocasião, foi arbitrada fiança, no valor de R$ 880, e o motorista foi liberado após o pagamento.

ACIDENTE COM MORTE

Na manhã de hoje, novamente embriagado, Saulo conduzia o mesmo Fiat Uno pela contramão da rua Marechal Cândido Mariano Rondon, quando colidiu em um Corsa Classic, no cruzamento com a rua Anhanduí.

Ambos os veículos capotaram e o casal que estava no Corsa morreu no local. Luiz Vicente levava a esposa para o trabalho quando houve o acidente.

Saulo teve traumatismo craniano leve e foi levado para o hospital, com escolta da Polícia Militar.

Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar assinou o termo de constatação de alteração da capacidade psicomotora, que sugere que ele estava sob efeito de álcool.

O suspeito deve passar por audiência de custódia amanhã. Desde 2017, o crime de homicídio no trânsito, quando o motorista conduz o veículo sob influência de álcool, é inafiançável. 

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 12/11/2018 Homem é perseguido em rua e assassinado a golpes de faca
Postada em: 12/11/2018 Aos 71 anos, mulher é presa por traficar drogas junto com os filhos
Postada em: 12/11/2018 Dois são presos após tentarem matar rapaz e fugirem na contramão
Postada em: 08/11/2018 Jovem grávida de 4 meses é sequestrada e estuprada pelo ex-marido em Eldorado
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra