SEGUNDA FEIRA, 24 DE SETEMBRO DE 2018
Untitled Document
09/06/2018 | Fonte: Agência Brasil

Em Minas, petistas lançam pré-candidatura de Lula, à Presidência

Foto:Reprodução

O Partido dos Trabalhadores lançou nesta sexta (8) a pré-candidatura de Lula à Presidência da República. Em um auditório com 2.000 lugares onde o evento aconteceu. Estavam presentes governadores da sigla, os líderes das bancadas parlamentares, a presidenta do partido, senadora Gleisi Hoffmann, o ex-prefeito e coordenador do Programa Lula de Governo, Fernando Haddad, a presidenta eleita Dilma Rousseff, dentre outros.

Porta voz do ex-presidente, Gleisi Hoffmann afirmou que apenas com o retorno de Lula a pacificação do Brasil estará garantida. “Lula é a grande liderança popular deste país. Ele é o único que pode garantir a pacificação do Brasil. Ninguém tem a relação que Lula tem com o povo brasileiro.  Disseram que o mercado tem medo de Lula ser presidente. Mas temos que avisar a eles que no Brasil tem povo, e é ele quem é prioridade.”

No evento, líderes petistas também afastaram a possibilidade de uma aliança com outros partidos de esquerda que não considerem a candidatura de Lula como única possibilidade.

 

"Quem tiver alguma dúvida que tire seu cavalinho da chuva porque o PT vai ter candidato e o candidato é Lula", disse o líder da minoria no Senado, Humberto Costa, ao falar que respeitava os demais presidenciáveis de esquerda.

 

No evento, foram distribuídas máscaras com o rosto de Lula para o público. Durante o lançamento, o PT divulgou um manifesto assinado pelo petista, em que o ex-presidente reafirmou que será candidato à Presidência. "E assim vou me preparando, com fé em Deus e muita confiança, para o dia do reencontro com o querido povo brasileiro. E esse reencontro só não ocorrerá se a vida me faltar."

 

As lideranças do partido reforçaram a intenção de registrar Lula na Justiça Eleitoral no dia 15 de agosto e mantiveram o discurso oficial de que não há "plano B" para a legenda.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 18/09/2018 Mochi quer ativar hospitais, combate à corrupção e conclusão do Aquário
Postada em: 18/09/2018 Inocentado, Delcídio entra na disputa pelo Senado
Postada em: 18/09/2018 Candidato a reeleição, Azambuja é o único que não comparece a debate em Dourados
Postada em: 18/09/2018 Pedidos de impeachment de Azambuja serão analisados por comissão
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra