SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO DE 2018
Untitled Document
09/06/2018 | Fonte: Globo Esporte

Em busca de "erros graves", Fifa apresenta estrutura do VAR na Copa

Foto:Reprodução

A Fifa apresentou neste sábado a estrutura que será usada pelos árbitros de vídeo (VAR) durante os jogos da Copa do Mundo na Rússia - a primeira a ter essa tecnologia. Duas salas foram montadas no Centro Internacional de Transmissão (IBC, na sigla em inglês, local que reúne as emissoras licenciadas), em Moscou, para serem usadas em cada partida, que contará com uma equipe de oito pessoas: o árbitro de vídeo principal, três assistentes e quatro técnicos de operação dos equipamentos.

 

- Estamos aqui para procurar erros graves e evitá-los - disse o chefe do Departamento de Arbitragem da Fifa, Massimo Busacca.

Segundo Busacca, dois dos assistentes do árbitro de vídeo principal terão missões bem específicas durante as partidas: um ficará de olho nos pênaltis, enquanto o outro analisará impedimentos. O terceiro auxiliar será um supervisor. Os três ficarão sentados com monitores à sua frente, com acesso a todas as imagens das transmissões da Copa.

 

O árbitro principal olhará todas as telas e será o responsável por fazer a comunicação com o juiz do jogo, no estádio. A recomendação da Fifa é que o VAR tome a iniciativa de recomendar a paralisação da partida ao árbitro no estádio caso ele tenha perdido algum lance importante. Assim, o juiz no gramado teria acesso a um monitor do lado do campo para rever a jogada e tomar uma decisão.

 

O mais importante é que o árbitro mantenha sua mente forte para que possa dirigir as partidas, e não a tecnologia decidir por ele - disse Busacca.

Para falar com o juiz no estádio, o VAR acionará um microfone na sala de Moscou. Após esse contato, o auxiliar de vídeo passará as informações ao colega, que terá a opção de ver o lance. Sempre que o VAR for acionado, o árbitro deverá comunicar jogadores e torcida com um sinal com as mãos (imitando o formato de uma tela).

 

Entenda como funciona a sala do VAR:

VAR: é o árbitro de vídeo principal. Ele observa a câmera principal no monitor de cima e revê incidentes na tela dividida por quatro. É o responsável por liderar a equipe de VAR e fazer a comunicação com o árbitro de campo.
  • AVAR1: o auxiliar 1 fica concentrado na câmera principal e mantém o VAR informado sobre o jogo em tempo real se um incidente está sendo checado ou revisto.
  • AVAR3: o auxiliar 3 foca nas imagens televisivas, ajuda o VAR a avaliar incidentes e garante a boa comunicação entre o VAR e o AVAR2, localizado na estação de impedimento.
  • AVAR2: é o assistente sentado na estação de impedimento. Ele antecipa e checa qualquer jogada com potencial de impedimento para acelerar o processo de checagem e revisão.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 15/12/2018 Tetracampeão brasileiro, Jean quer Mundial e Libertadores
Postada em: 14/12/2018 CBF sorteia primeira fase da Copa do Brasil; times de MS pegam paraibanos e mato-grossenses
Postada em: 14/12/2018 Medina celebra vitória e diz não pensar nos resultados dos concorrentes
Postada em: 13/12/2018 Campeonato Gospel terá final nesta quinta-feira
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra