DOMINGO, 19 DE MAIO DE 2019
Untitled Document
05/06/2018 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Vaga para comprar gás esgota antes do botijão chegar nas revendas

"Às vezes o caminhão chega feito cegonha, com um monte de carro atrás e os botijões nem entram são vendidos na rua mesmo”, diz comerciante. (Foto: Saul Schramm)

A greve nacional dos caminhoneiros encerrou no dia 30 de maio, mas pouca coisa se normalizou nos últimos dias. Nesta segunda-feira (5), por exemplo, seis dias após o fim da paralisação revendas de gás de Campo Grande ainda fazem o agendamento de clientes que desejam comprar o produto, afinal, a quantidade liberada pelas distribuidoras “esgota antes de chegar à loja”.

O desabastecimento das reservas nas distribuidoras têm feito com que a liberação para as revendas seja fracionada. Por exemplo, o revendedor liga e pede 400 vasilhames, no entanto, são liberados apenas 50. Para conseguir atender os clientes, os comerciantes abrem um agendamento para reserva de botijões, mas as “vagas” esgotam antes das 11h. Os botijões têm sido vendidos pelos valores de R$ 75 a R$ 109.

O presidente do Simpergasc (Sindicato das Micro, Pequenas Empresas e Revendedores Autônomos de GLP, Gás Canalizado e Similares do Estado de Mato Grosso do Sul), Vilson de Lima, acredita que a situação seja normalizada em apenas dez dias.

Ele afirma que a entrega é limitada para as revendedoras, mas o número de produtos continua o mesmo – cerca de 16 mil –, porém não atende a demanda. “Tem lugar que consegue trabalhar um dia e fecha dois, o estoque zerou. [Os botijões] estão chegando normal, mas ainda não atende a demanda”, diz.

Mato Grosso do Sul conta atualmente com 5,6 mil empresas. 

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 16/05/2019 Ato de conscientização foi desenvolvido contra o abuso e exploração sexual de crianças em Naviraí.
Postada em: 16/05/2019 Mais de 10 mil participaram da Greve Nacional da Educação em Campo Grande
Postada em: 15/05/2019 Juiz reconhece invasões, mas ordem do STF barra reintegrações de posse
Postada em: 15/05/2019 Estudantes do IFMS organizam mobilizações para esta quarta-feira
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra