SEGUNDA FEIRA, 25 DE JUNHO DE 2018
Untitled Document
23/05/2018 | Fonte: CORREIO DO ESTADO

Concessionária da BR-163 ajuiza ação contra a ANTT

Funcionários de concessionária realizam obras em via - Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado

Para evitar que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) cancele a concessão da BR-163 e obrigue a CCR a pagar multa, o  conglomerado que controla a concessionária MSVia ajuizouação contra a União e a Agência pedindo a revisão dos termos assinados em 2014. 

A empresa, que não cumpriu a meta de duplicar 193 quilômetros da rodovia nos últimos 12 meses - mesmo com o pedágio reajustado em 19% desde a data que assumiu a BR -, também comunicou qu e pode solicitar a rescisão do contrato alegando que o Governo descumpriu cláusulas contratuais.

Isso, em virtude de “alterações econômicas imprevisíveis e supervenientes à assinatura do referido contrato de concessão, com pedido alternativo de rescisão”, segundo comunicado da empresa divulgado na última segunda-feira.

O texto refere-se às dificuldades na obtenção do financiamento de 70% das obras no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), como foi a previsto à época da concessão.  Também a empresa alega que houve aumento dos custos das obras por causa  das mudanças da taxa de juros de longo prazo devido as condições econômicas e o atraso na obtenção das licenças ambientais.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 06/06/2018 STJ autoriza recolhimento da carteira de motorista para pressionar réu inadimplente a regularizar débitos
Postada em: 06/06/2018 Passa de 190 o número de desaparecidos por causa do Vulcão de Fogo, na Guatemala
Postada em: 06/06/2018 Governo reduz previsão e passa a estimar salário mínimo abaixo de R$ 1 mil em 2019
Postada em: 06/06/2018 Frio deve atrasar início da colheita do algodão na região norte de MS
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra