SEGUNDA FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2018
Untitled Document
21/05/2018 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Ladrões mutilam gado em fazendas para roubar apenas "carnes de primeira"

Da carne, os criminosos retiram apenas as carnes mais nobres e abandonando os animais em meio ao pasto, aos pedaços. (Foto: Ponta Porã Informa)

Pecuaristas na zona rural de Antônio João – município a 279 quilômetros de Campo Grande -, estão tendo cabeças de gado abatidas por criminosos, durante as madrugadas, na região. Os invasores montam armadilhas com o próprio arame de aço nos pastos e que depois de capturados pelas pernas ou pescoço, são abatidos ou deixados agonizando até serem carneados.

Da carne, no entanto, os criminosos retiram apenas as partes mais nobres e abandonando os animais aos pedaços em meio ao pasto. Conforme o Ponta Porã Informa, a suspeita é de que as carnes retiradas dos animais estão sendo comercializadas na cidade. A Prefeitura de Antônio João, no entanto, nega que a carne bovina esteja sendo comercializada no município, mas informou que as policias Civil e Militar, investigam a situação.

"Temos abertos 12 inquéritos sobre abigeato na delegacia e estamos com um trabalho forte para chegar aos autores. As investigações estão avançadas, pois o mais importante é a consciência dos pecuaristas locais que estão denunciando todos os furtos. Quanto a comercialização dessa carne, não podemos afirmar que esta sendo vendida em algum comércio da cidade, mas que está sendo vendida está" disse a delegada Sueili Araújo Lima Rocha, titular da delegacia de polícia civil na cidade.

A Vigilância Sanitária, com apoio do DECOM e GARRAS de Campo Grande, também ajudam nas investigações. O comandante da Polícia Militar, Tenente Coronel Carlos Magno também informou que apura o caso. A PM faz rondas durante as madrugadas em vários pontos do município para encontrar os autores do crime.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 18/10/2018 Aposta única acerta as dezenas e fatura os R$ 2,5 mi da Mega-Sena
Postada em: 17/10/2018 Pesquisa constata só 8% de imagens verdadeiras em grupos de WhatsApp
Postada em: 17/10/2018 Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 2,5 milhões
Postada em: 17/10/2018 Estudo mostra que agrotóxicos ameaçam vida no Cerrado de MS
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra