TERÇA-FEIRA, 17 DE JULHO DE 2018
Untitled Document
16/05/2018 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Petrobras anuncia novo aumento na gasolina e diesel para esta quarta

Foto: Reprodução

A partir desta quarta-feira (16) a Petrobras aumentará em de 2% o preço do diesel e 1,84% a gasolina comercializados nas refinarias. A alta foi anunciada pela Petrobras e a notícia vinculada pelo Valor Econômico. Está é a sétima vez consecutiva que a estatal eleva os preços dos combustíveis em maio deste ano no país.

Com o aumento, o litro do diesel “A” passará de R$ 2,2236 para R$ 2,2682. E o da gasolina “A” irá de 1,9330 para R$ 1,9686.

Na última sexta-feira, a Petrobras já havia anunciado novo reajuste para a gasolina que entrou em vigor no fim de semana. 

A política de preços adotada a partir de julho do ano passado pela Petrobras para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras se baseia no preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais desses produtos mais os custos que os importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo, esclareceu a empresa.

Segundo ela, “a paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos”. O preço considera ainda uma margem que cobre eventuais riscos, como volatilidade do câmbio e dos preços.

Pesquisa – Ainda sem contabilizar o novo reajuste, levantamento feito pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível), aponta que Mato Grosso do Sul ocupa a sexta posição dos Estado onde a gasolina é mais barata.

A gasolina mais cara encontrada entre todos esses estabelecimentos saía por R$ 4,69 em Três Lagoas, enquanto o mais barato era vendido por R$ 3,89 em Dourados.

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 06/06/2018 STJ autoriza recolhimento da carteira de motorista para pressionar réu inadimplente a regularizar débitos
Postada em: 06/06/2018 Passa de 190 o número de desaparecidos por causa do Vulcão de Fogo, na Guatemala
Postada em: 06/06/2018 Governo reduz previsão e passa a estimar salário mínimo abaixo de R$ 1 mil em 2019
Postada em: 06/06/2018 Frio deve atrasar início da colheita do algodão na região norte de MS
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra