QUARTA-FEIRA, 18 DE JULHO DE 2018
Untitled Document
15/05/2018 | Fonte: CORREIO DO ESTADO

Puccinelli diz não ter receio de enfrentar qualquer adversário

André está confiante que vai para o segundo turno contra Azambuja ou o juiz Odilon - Foto: Reprodução

O ex-governador André Puccinelli (MDB) disse não ter receio de enfrentar qualquer rival na corrida eleitoral à sucessão estadual, que namora o DEM e vê dificuldades do partido fazer aliança com PSDB por causa da resistência das bases. A declaração dele foi em entrevista ao Programa Boca do Povo, da rádio Difusora Pantanal, comandado por B de Paula. Para André, “quem entra na política, tem de respeitar os adversários”. E também não trata os rivais de inimigos políticos. “Então respeitamos o juiz (Odilon de Oliveira) que está no PDT e respeitamos o atual governador (Reinaldo Azambuja) que está no PSDB”, afirmou.

A certeza de André é de sua presença no segundo turno das eleições. Mas não prevê quem será o seu adversário na decisão final da disputa eleitoral. “Pode ser o juiz ou o atual governador. Mas isso é indiferente para nós, porque se essas pesquisas que aparecerão começarem a mostrar a vontade popular, não tem porque ter receio de nenhum deles”, ressaltou.

André considera improvável aliança com PSDB em Mato Grosso do Sul por causa da pressão das bases. Ele revelou a tentativa do governador Reinaldo Azambuja de fazer aliança com MDB. As negociações não avançaram, explicou ele, porque as bases do interior “relutaram em fazer isso, principalmente por causa da disputa das prefeituras”.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 17/07/2018 Adversário na eleição de 2014, PSDB cogita Delcídio em chapa, diz Assis
Postada em: 16/07/2018 Governador espera desbloqueio do TJ para repassar R$ 280 milhões aos municípios
Postada em: 14/07/2018 Ontem aconteceu o Arraiá da Gerência de Assistência Social (Geas)
Postada em: 14/07/2018 Delcídio comemora absolvição e diz que estuda voltar à política
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra