DOMINGO, 20 DE MAIO DE 2018
Untitled Document
26/04/2018 | Fonte: Naviraí na Net

H3N2 - Conheça os sintomas e saiba como se prevenir

O H3N2 é um subtipo do vírus da influenza A, responsável pelo maior surto de gripe nos EUA nos últimos anos, com mais de 47 mil pessoas infectadas. Recentemente, chegou no Brasil e chamou a atenção das autoridades da saúde. 

O nome H3N2 corresponde aos dois tipos de proteína em sua superfície de revestimento, sendo elas a hemaglutinina (H) e a neuraminidase (N).

Apesar de já se ter histórico de casos da doença, em 2018 o vírus se mostrou uma ameaça maior. No Brasil, até então, já se tem registro de mortes provocadas pela condição.

De acordo com a Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, até o momento, o vírus está circulando em 13 estados brasileiros e já provocou mais de 50 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS, em inglês).

Em crianças e idosos o vírus se torna mais preocupante, mas deve ser prevenido por todas as pessoas, especialmente as que pertencem aos grupos de risco da doença, como mulheres grávidas, gestantes, trabalhadores da saúde e indígenas, por exemplo.

Por ser uma gripe sazonal, a campanha de vacinação se prepara para atender a população para que esteja prevenida durante os meses em que a doença tem maior incidência, entre maio e setembro.

Os sintomas da H3N2 são comuns ao da influenza A H1N1. É uma doença que possui tratamento e cura. Contudo, pode apresentar complicações sérias de saúde e levar à morte.

SINTOMAS

A principal característica da doença é a infecção aguda das vias áreas, com febre acima de 37 ºC e 38 ºC, sendo mais frequente em crianças. Outros sintomas iniciais são as dores musculares, dor de cabeça e cansaço. Outros sintomas presentes são:

Dor de garganta;

Corrimento nasal excessivo (rinorreia);

Dor nas articulações (artralgia);

Calafrios;

Mal-estar;

Dor de cabeça (cefaleia);

Dores musculares (mialgia);

Tosse seca;

Fraqueza;

Vômito;

Diarreia;

Fadiga;

Vermelhidão nos olhos (hiperemia conjuntival);

Rouquidão.

Diante da possibilidade de ser influenza A, é fundamental que o paciente não ignore os sintomas listados. Muitas pessoas acabam tendo complicações por não reconhecerem os sinais como algo importante, interpretando apenas como um resfriado ou gripe comum.

Se houver suspeita, procure ajuda médica para receber o diagnóstico adequado e nunca realize a automedicação.

PREVENÇÃO

A prevenção da H3N2 não se distancia muito do que deve ser feito para evitar a gripe comum. Mesmo em épocas de surto, é possível seguir alguns passos para evitar essa doença. Conheça os principais:

- Lave bem as mãos

- Evite ambientes lotados e fechados

- Mantenha uma alimentação saudável

- Não compartilhe objetos pessoais

- Use lenços descartáveis e cubra boca e nariz ao espirrar

Fique atento aos sintomas e procure ajuda médica o quanto antes. Com o tratamento, o paciente deve ficar bem dentro de poucos dias. Todavia, sem os devidos cuidados, essa gripe pode provocar complicações sérias ou até mesmo levar à morte.

 

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 18/05/2018 Com 38 casos confirmados, chega a 10 o número de mortos pela gripe
Postada em: 16/05/2018 Como Substituir Dentaduras por Implantes sem Riscos e Surpresas.
Postada em: 12/05/2018 OMS emite alerta de sarampo nas Américas e recomenda reforço em vacinação
Postada em: 12/05/2018 Pai e filha de oito meses são diagnosticados com vírus da gripe H3N2 em Nova Andradina
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra