QUARTA-FEIRA, 18 DE JULHO DE 2018
Untitled Document
08/04/2018 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Morador denuncia descarte irregular de lixo em cruzamento

Na esquina é visível ver o lixo acumulado pelos moradores (Foto: Direto das Ruas)

O lixo em uma praça localizada nos cruzamentos das avenidas Ernesto Geisel e Campestre, está gerando problemas para alguns moradores do setor 7 do bairro Aero Rancho - na região sul de Campo Grande.

José Marcelo é um dos moradores do local e comenta que há algumas semanas uma equipe da prefeitura fez a limpeza na área e acumulou uma pequena quantidade de sujeira, que conforme informações dos prestadores de serviço, seria retirada da praça no dia seguinte por um caminhão de lixo.

A promessa, de acordo com o morador não foi cumprida, o “montinho” se tornou uma “montanha” com grande de lixo que foi descartado pela população com o passar dos dias. Segundo José, na área é possível encontrar até sofás, lixo doméstico e restos de construções.

O morador ainda comenta sobre a falta de consciência das pessoas, visto que o local foi limpo pelo serviço público recentemente.

A assessoria de imprensa do Executivo Municipal informa que os moradores que flagrarem o descarte de lixo irregular devem denunciar a infração penal (crime ambiental) à Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista), pelo telefone 67 3325-2567 ou pelo no Disque Denúncia 156.

Direto das Ruas – O Direto das Ruas é nosso canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 06/06/2018 STJ autoriza recolhimento da carteira de motorista para pressionar réu inadimplente a regularizar débitos
Postada em: 06/06/2018 Passa de 190 o número de desaparecidos por causa do Vulcão de Fogo, na Guatemala
Postada em: 06/06/2018 Governo reduz previsão e passa a estimar salário mínimo abaixo de R$ 1 mil em 2019
Postada em: 06/06/2018 Frio deve atrasar início da colheita do algodão na região norte de MS
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra