DOMINGO, 21 DE OUTUBRO DE 2018
Untitled Document
10/03/2018 | Fonte: DOURADOS NEWS

Acadêmicos terão pontos para descarte de pilha em Dourados

Divulgaçao

Comunidade acadêmica da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) está instalando coletores em quatro locais da instituição: Biblioteca Central, Almoxarifado, FADIR e Unidade I.

Com o objetivo desenvolver esforços para que a UFGD seja uma instituição cada dia mais sustentável, fora firmado, através da Divisão de Gestão ambiental - DGA, um termo de parceria junto ao Instituto do Meio Ambiente de Dourados (IMAM) para a instalação dos coletores de pilhas, denominados “papa pilha”.

Conforme a Resolução SEMADE nº 33, de 17 de maio de 2016, as pilhas encontram-se entre os produtos que, após consumo, resultam em resíduos considerados de significativo impacto ambiental, pois apresentam em sua composição metais como mercúrio, chumbo, cádmio, níquel, lítio, entre outros, potencialmente perigosos à saúde e que podem atingir o solo e as águas, afetando também a fauna e a flora da região.

Dentre os males provocados ao ser humano pela contaminação com metais pesados está o câncer, mutações genéticas e danos ao sistema nervoso central.

Os coletores serão disponibilizados em locais visíveis para que o usuário possa efetuar o descarte das pilhas, as quais serão encaminhadas ao IMAM, que dará a destinação correta as mesmas.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 18/10/2018 Aposta única acerta as dezenas e fatura os R$ 2,5 mi da Mega-Sena
Postada em: 17/10/2018 Pesquisa constata só 8% de imagens verdadeiras em grupos de WhatsApp
Postada em: 17/10/2018 Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 2,5 milhões
Postada em: 17/10/2018 Estudo mostra que agrotóxicos ameaçam vida no Cerrado de MS
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra