SEXTA-FEIRA, 17 DE AGOSTO DE 2018
Untitled Document
12/02/2018 | Fonte: TANAMIDIANAVIRAI

Naviraiense é preso com arma de fogo em Itaquiraí

Lucas foi autuado em flagrante acusado do crime de porte ilegal de arma de fogo.(Foto:TaNaMidiaNavirai)

Lucas Lopes Da Silva, de 19 anos, natural de Naviraí, foi preso pela Polícia Militar na madrugada de domingo na cidade de Itaquiraí, acusado de porte ilegal de arma de fogo.

 

Por volta das 2h da manhã a Policia Militar de Itaquiraí recebeu uma denuncia anônima de que um individuo armado estaria em uma lanchonete localizada na avenida Mato Grosso.

De imediato uma guarnição da PM foi até o local, onde de acordo com as características repassadas pelo denunciante, os policiais conseguiram localizar Lucas no interior da lanchonete.

Os policiais abordaram Lucas e em revista pessoal no mesmo, localizou em sua cintura uma arma de fogo tipo artesanal, com uma munição calibre 22.

Ao ser questionado a respeito da arma, Lucas disse que teria comprado a mesma a cerca de três dias, de um desconhecido e pago o valor de R$ 350,00, e que a estava portando pra sua defesa pessoal, pois possui diversos desafetos na cidade.

Lucas recebeu voz de prisão e foi encaminhado pela PM até a Delegacia de Polícia Civil de Itaquiraí, onde ele foi autuado em flagrante acusado do crime de porte ilegal de arma de fogo.

Assassinato

Em agosto de 2014, quando tinha 16 anos, Lucas assassinou em Naviraí um morador de rua com golpes de facão. O crime aconteceu em um terreno baldio localizado na rua Dinamarca, área central de Naviraí, a poucas quadras do 1ª DP (Delegacia de Polícia Civil).

Após cometer o crime, Lucas se apresentou na Delegacia, onde relatou que estava ingerindo bebida alcoólica (Pinga) juntamente com a vítima, e que em certo momento passaram a discutir por ele ter sido chamado de ladrão e ser acusado de ter furtado uma bicicleta.

O morador de rua teria corrido atrás de Lucas, que conseguiu fugir e pular o muro do escritório de uma empresa, onde ele encontrou um facão no pátio. Com o facão em mãos, ele foi atrás do morador de rua, e o localizou dormindo no terreno baldio. Neste momento, Lucas desferiu vários golpes com o facão contra o pescoço e peito da vítima, que morreu na hora.

Após cometer o crime, Lucas foi até o 1ª DP onde informou sobre o crime que teria acabado de cometer, entregando também o facão usado no assassinato. O caso foi registrado como homicídio doloso. O morador de rua por não portar documentos pessoas e por nenhum familiar comparecer no IML (Instituto Medico Legal) para fazer o reconhecimento do corpo, foi sepultado como indigente.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 16/08/2018 Criança morre em Dourados e socorristas suspeitam de violência
Postada em: 16/08/2018 Pastor suspeito de estupro em MT é preso em MS três anos depois
Postada em: 16/08/2018 PRF de Naviraí apreende na BR-163 carreta carregada com 25 mil pacotes de cigarros
Postada em: 16/08/2018 Na contra mão dupla em moto arranca bolsa de mulher e fogem levando dinheiro
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra