TERÇA-FEIRA, 13 DE NOVEMBRO DE 2018
Untitled Document
08/02/2018 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Traficante enterra maconha no quintal, mas acaba descoberto e preso

A droga estava no quintal do avô do suspeito. Os policiais ainda apreenderam uma tablete de cocaína e R$ 3,5 mil
Wesley Rafael foi preso no Jardim Itamaracá (Foto: Divulgação)

Policiais do GOI (Grupo de Operações e Investigações) prenderam Wesley Rafael Laurentino da Silva com porções de maconha e cocaína e ainda R$ 3,5 mil, nesta quarta-feira (7), em Campo Grande. Segundo a polícia, o suspeito escondia parte da droga enterrada no quintal do avô, no Jardim Itamaracá.

Segundo a polícia, Wesley passou a ser investigado após ser apontado como traficante em uma série de denúncias. Durante monitoramento, os policiais flagraram o suspeito vendendo porções de maconha e o abordaram. Com ele foi encontrado um papelote da droga e R$ 80 em notas trocadas.

Os policiais ainda realizaram buscas na residência do avô de Wesley e encontraram vários porções de maconha enterradas no fundo do quintal. Na casa do suspeito, também no Jardim Itamaracá, R$ 3,5 mil e uma tabletes de cocaína foram apreendidos pelos investigadores. Conforme a polícia, após ser preso o homem confessou o crime.

Wesley já tinha passagens pela polícia e em 2011 foi preso pela Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) com outros cinco comparsas por uma série de assaltos em Campo Grande. Na época, a quadrilha foi responsabilizada pelo roubo a uma residência na Jardim Novos Estados e a uma pizzaria no Jardim São Paulo.

Nesta quarta-feira Wesley foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, onde foi autuado por tráfico de drogas.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 13/11/2018 Pistoleiros que mataram advogada são brasileiros, diz polícia paraguaia
Postada em: 13/11/2018 Jovem de 18 anos morre eletrocutado durante limpeza de alojamento na Unei
Postada em: 13/11/2018 Caminhoneiro agarra adolescente pelo pescoço em festa e a estupra em matagal
Postada em: 13/11/2018 Advogada de Pavão e Marcelo Piloto é morta com 18 tiros na fronteira
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra