QUARTA-FEIRA, 20 DE FEVEREIRO DE 2019
Untitled Document
26/01/2018 | Fonte: DOURADOS NEWS

Capataz é preso com carne de cateto, arma de caça e munições ilegais

Divulgação Dourados News

Policiais Militares Ambientais de Naviraí prenderam o capataz de uma fazenda, localizada às margens da MS-489, que estaria praticando caça e comercializando a carne dos animais abatidos. 

Na quarte-feira (24), no final da tarde, a PMA foi à propriedade e encontrou um animal abatido da espécie Taiassu tajacu (cateto), em um frízer da residência do acusado. Perguntado sobre armas, o caçador apresentou uma espingarda de caça calibre 32 e três munições, que ele não possuía documentação e teria utilizado na caçada e abate do animal. O material foi apreendido.

O infrator de 23 anos, recebeu voz de prisão e foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Naviraí, onde foi autuado em flagrante por caça ilegal e posse ilegal de arma. 

A pena para a caça é de seis meses a um ano de prisão e pela posse ilegal de arma, de um a três anos de detenção. Ele também foi multado em R$ 500 pelo abate do animal.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 19/02/2019 Especialista alerta sobre cuidados no primeiro encontro após caso de mulher espancada
Postada em: 19/02/2019 Operação Fantoche contra fraude no setor de turismo cumpre mandados em MS
Postada em: 18/02/2019 Jovem atrasa aluguel e é agredida por dona de imóvel em MS
Postada em: 18/02/2019 PF prende suspeito de falsificar documentos indígenas e fraudar INSS
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra