QUARTA-FEIRA, 18 DE JULHO DE 2018
Untitled Document
26/01/2018 | Fonte: ASSESSORIA E COMUNICAÇÃO

Gerente Municipal de Saúde esclarece sobre a Febre Amarela

Divulgação Assessoria e Comunicação

O Gerente Municipal de Saúde Edivan Thiago Barros, esclarece que Naviraí não está em campanha de vacinação da febre amarela. “Nós estamos cuidando do combate ao mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, solicitando aos nossos munícipes cuidados necessários para que ele não tenha a possibilidade de reprodução”. Argumentou Edvan.

 

A febre amarela é uma situação diferente. Ela é uma epidemia endêmica, silvestre. O gerente destacou que não existem casos no Estado, diferentemente de outros estados que estão com sérios problemas com essa doença. Que em Naviraí a Gerência de Saúde está apenas mantendo um protocolo de vacinação que já existia antes e que a população pode ficar tranquila, pois não existe motivo e que no Estado não tem problemas e que a prevenção é importante e isso a Saúde de Naviraí está realizando.

 

Disse que a equipe de vetores é muito atuante, comandada pelo senhor José Pereira, com diversas visitas domiciliares e com vários setores diagnosticando os focos de proliferação do aedes aegypti existentes e promovendo campanhas educativas, principalmente nesta época de chuvas abundantes.

 

Vacinação

Esclareceu que o Ministério da Saúde dá orientações da dose de aplicação com as seguintes orientações:

As crianças a partir de 09 meses deverão receber uma dose; gestantes devem tomá-la apenas se forem se deslocar para regiões ativas da doença; mulheres que estão amamentando, idosos acima de 60 anos e crianças de até 6 meses só deverão serem vacinadas se forem deslocar-se para locais de risco. Porém os idosos devem passar por uma avaliação se devem ou não tomar a vacina. Em caso de dúvidas devem procurar orientações nos postos de saúde e os viajantes, que se deslocam constantemente, também devem ser vacinados.

 

Cronograma:

Nas segundas e nas sextas feiras; as vacinas estão sendo aplicadas no Centro de Saúde Naviraí (Varjão).

Nas Terças ESFs – Paraíso I – São Pedro e Sol Nascente.

Nas quartas ESFs – Vila Nova – Ronan Marques e Paraíso II.

Nas quintas – ESFs – Maria de Lourdes – Boa Vista e Carlos Vidoto.

 

 

Prevenção

A transmissão da febre amarela só é possível através da picada do mosquito Silvestre. Já a prevenção do aedes aegypti transmissor da doença deve ser feita evitando sua disseminação. Os mosquitos criam-se na água e proliferam-se dentro de recipientes como caixa d´agua, latas e pneus contendo água limpa são ambientes ideais para que a fêmea do mosquito ponha seus ovos de onde nascerão larvas que, após um período muito curto se tornarão novos mosquitos. Portanto, deve-se evitar o acúmulo de água parado em recipientes destampados.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 17/07/2018 Casos de sarampo e poliomielite aumentaram em todo o mundo, diz relatório da OMS
Postada em: 17/07/2018 Gerência de Saúde realiza ações nas ESFs
Postada em: 13/07/2018 Posto de Saúde do Bairro Vila Nova realiza 1° Encontro com idosos
Postada em: 12/07/2018 É melhor clarear os dentes em casa ou no consultório?
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra