SEGUNDA FEIRA, 20 DE AGOSTO DE 2018
Untitled Document
12/01/2018 | Fonte: TANAMIDIANAVIRAI

Naviraí - Indivíduo preso no sábado por porte de arma, volta a ser preso acusado de tráfico

Jeferson Fernando Diomasio Ribeiro, de 20 anos, vulgo “Zóio”, foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.(Foto:Umberto-Zum)

Jeferson Fernando Diomasio Ribeiro, de 20 anos, vulgo “Zóio”, que havia sido preso na tarde do último sábado (06), ao ser flagrado pela Policia Militar, portando um revolver calibre 22, nas proximidades do Parque Sucupira, em Naviraí, voltou a ser preso na noite de quarta-feira (10), por volta das 23h50min, pela equipe de policiais militares do Grupamento Especializado Tático com Apoio de Motocicletas (GETAM), acusado de tráfico de drogas.

 

Em patrulhamento tático pelo centro da cidade, os policiais do GETAM avistaram Jeferson em atitude suspeita em frente a uma lanchonete localizada na Rua Emília Zerbeth Napolitano.

Ao avistar a viatura policial, Jeferson levantou-se e se dirigiu ao banheiro masculino da lanchonete. Um dos policiais então se dirigiu até o banheiro e flagrou quando Jeferson escondia uma embalagem redonda numa caixa de cerveja.

Em vistoria, foram encontradas dentro da embalagem, 23 pedras de crack, devidamente embaladas para a venda.

Ao ser questionado sobre a procedência da droga, Jeferson afirmou que havia escondido a droga, a mando de um amigo. Os policias derem voz de prisão a Jeferson que foi encaminhado para o 1ª DP (Delegacia de Policia Civil), onde ele foi autuado em flagrante acusado do crime de tráfico de drogas.

Ameaça de Morte.

Em setembro do ano passado, Jeferson foi acusado de ter ameaçado de morte uma professora em Naviraí.

Segundo a professora que também é diretora da Escola Municipal Maria de Lourdes Aquino, a ameaça de morte ocorreu dentro do estabelecimento educacional. 

De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência, na manhã de terça-feira de 18 de setembro, 2017, Jeferson teria pulado o muro do colégio e estava andando pelo pátio da Escola, e ao ser advertido pela diretora, ele não gostou e passou a fazer ameaças de morte à professora.

"Não tenho medo de ninguém, vou te matar" disse Jeferson para a Diretora. Segundo informações de alunos, Jeferson teria voltado no colégio no intervalo e teria dito que iria buscar uma arma e retornar na escola.  A diretora comunicou o corrido no 1ª DP, onde o caso foi registrado como ameaça de morte.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 20/08/2018 Estudante brasileira morta na fronteira foi torturada e estuprada
Postada em: 20/08/2018 Jovem de 17 anos denuncia estupro e reconhece suspeito em mercado
Postada em: 20/08/2018 Polícia prende bêbado dirigindo em alta velocidade e flagra menor empinando moto
Postada em: 20/08/2018 Estudante brasileira é achada morta em residência na fronteira
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra