TERÇA-FEIRA, 17 DE JULHO DE 2018
Untitled Document
03/01/2018 | Fonte: CORREIO DO ESTADO

Polícia desmonta esquema de tráfico, apreende R$ 8,1 mil e prende três

Foram recolhidos armas, drogas, jóias e materiais usados no refino
Imagem Ilustrativa

Ação da Polícia Militar, com apoio do Batalhão de Choque, desarticulou esquema de tráfico de drogas que operava a partir do Bairro Universitário, em Campo Grande. Gisele Evangelista de Alencar, de 45 anos, Jhonathan Júnior Rosa, 31, e Giovani Silva do Nascimento, 32, foram presos em flagrante. Os policiais apreenderam maconha, cocaína, materiais de refino, jóias e R$ 8.172 mil.

Conforme apurado, os fatos ocorreram na tarde de ontem, após denúncia de que um homem e duas mulheres transitavam em um Celta pela área central da cidade, portando um revólver calibre 38. A abordagem aconteceu em um conjunto de quitinetes localizado na Rua Antônio Maria Coelho.

Na casa de número 02, os PMs encontraram os suspeitos. Jhonathan, foragido da Justiça, estava com um revólver Rossi calibre 38 com duas munições intactas. No local estava Gisele e uma outra mulher que seria sua inquilina, mas sem relação com atividades ilegais. Gisele tinha passagens por tráfico de drogas, porte de arma e roubo. Por este motivo, os militares questionaram se havia mais ilícitos no local.

Ela confessou morar na Rua da Divisão, no Parati, e manter armas e drogas em outros endereços. Em uma casa na Rua Gaspar de Lemos, no Universitário, ela guardava porções de cocaína e maconha, um balde com R$ 650 em moedas, uma bolsa com 139 peças similares a ouro, 21 similares à prata, três frascos de ácido bórico usado para preparo de entorpecentes, R$ 7.522 em espécie e oito munições calibre 32.

Em outro endereço, os policiais detiveram Giovani com uma arma de fogo calibre 38. Gisele havia vendido ainda arma para outra pessoa que mora na Vila Albuquerque, mas que não foi localizada. Gisele responde por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Jhonathan e Giovani, por sua vez, respondem apenas por porte ilegal de arma de fogo.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 17/07/2018 Ladrões invadem propriedade rural e furtam soja avaliada em R$ 70 mil
Postada em: 17/07/2018 PF faz operação em MS contra grupo que aplicava golpes por celular
Postada em: 17/07/2018 Mulher de 38 anos é espancada e estuprada pelo marido e outro homem
Postada em: 17/07/2018 Suspeita de integrar PCC é morta a tiros enquanto tomava tereré
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra