SEGUNDA FEIRA, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Untitled Document
24/11/2017 | Fonte: TANAMIDIANAVIRAI

Naviraí – Preso homem que após discussão matou colega a facadas

Claudiney Aparecido Garcia, de 45 anos, acusado do assassinato de Roberto Dias de Oliveira, de 41 anos, que foi morto a facadas, foi preso ontem (23), pela Polícia Civil de Naviraí.

O assassinato ocorreu na noite de segunda-feira (20), por volta das 20h, de frente a uma residência localizada no bairro Varjão em Naviraí.

Segundo informações, Roberto teve um desentendimento com Claudiney Aparecido Garcia, de 45 anos, lhe desferiu alguns golpes de faca. A briga teria ocorrido de frente a casa onde Roberto e Claudiney moram, na rua Vitória.

Após esfaquear Roberto, Claudinei fugiu do local tomando rumo ignorado. Mesmo ferido, Roberto conseguiu caminhar até a esquina da rua Niterói, aonde veio a cair.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, porém ao chegar ao local constatou que Roberto já estava sem vida. O caso foi registrado no 1ª DP (Delegacia de Policia Civil), como homicídio simples e deste de então a equipe do SIG passou a trabalhar nas investigações, sendo que a autoridade policial entregou com o pedido da prisão preventiva de Claudiney, a qual foi acatada pelo Juiz.

Na manhã de ontem (23), Claudiney foi preso ao se apresentar no 1ª DP, juntamente com seu advogado.

Ao ser preso, Claudiney confessou o crime, e disse que teria cometido o mesmo, após ter chego em sua casa, e ter um desentendimento com Roberto que estaria saindo com sua esposa. Claudinei alegou legitima, pois segundo ele, durante a discussão, Roberto teria ido para cima dele, e que para se defender o esfaqueou.

Após o cumprimento da prisão preventiva de Claudiney pelo crime de homicídio simples, ele foi encaminhado para o Presido de Naviraí.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 11/12/2017 Homem joga gasolina e ateia fogo em rosto de esposa enquanto ela dormia
Postada em: 11/12/2017 Polícia de Nova York esvazia três linhas do metrô após explosão
Postada em: 11/12/2017 Atuação de evangélicos é considerada “fundamental” por políticos de MS
Postada em: 11/12/2017 Trabalho em conjunto prende acusado de homicidio
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra