QUARTA-FEIRA, 19 DE SETEMBRO DE 2018
Untitled Document
22/11/2017 | Fonte: CORREIO DO ESTADO

Operação Ágata monitora faixa fronteiriça

Militares do Exército terão apoio de órgãos militares e civis subordinados ao governo
Ações preventivas são realizadas com frequência em diferentes pontos da fronteira - Foto: Paulo Ribas / Correio do Estado

Mais de 800 militares do Exército Brasileiro participarão de mais uma ação da Operação Ágata, desta vez promovido pela 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada em Dourados, região sul do Estado. O monitoramento começou na última segunda-feira (20) e contará com trabalho conjunto de órgãos de Segurança Pública (OSP) e agências Federais, Estaduais e Municipais.

Realizada periodicamente desde 2011, a Ágata é a maior operação interagências do Brasil. Abrange a atuação de órgãos militares e civis, subordinados ao Governo Federal e aos governos estaduais. Tem por finalidade o combate aos crimes na faixa de fronteira do país e o fortalecimento da presença do Estado brasileiro ao longo dessa área.

O foco de atuação é principalmente: o narcotráfico, contrabando, ilícitos ambientais e o tráfico de pessoas. A linha de ação tem como premissa a valorização do princípio da surpresa, com oaumento do número de ações, sendo elas mais curtas e pontuais, como já ocorreu em outros pontos da fronteira sul-mato-grossense.

Segundo informações do grupo responsável, outro ponto a ser destacado é a intensificação das operações de inteligência, com a execução de ações preventivas e repressivas de combate aos ilícitos transfronteiriços, com destaque para o emprego dos meios do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON).

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 18/09/2018 Freteiro vem devolver carreta depositada judicidicalmente e acaba tendo seu conjunto de cavalo mecanico e carreta apreendido por adulteração.
Postada em: 18/09/2018 Traficantes são presos em MS com caminhonete lotada de maconha
Postada em: 18/09/2018 Ladrões invadem lotérica de Campo Grande pelo telhado e furtam dinheiro de cofres
Postada em: 18/09/2018 Adolescente que ajudou garoto a assassinar avó é agredido em Unei: 'Chegou falando que matou velhinha', diz polícia
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra