QUARTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2017
Untitled Document
14/11/2017 | Fonte: MIDIAMAX

Chapecoense vence, e Santos dá adeus à chance de título

A Chapecoense briga para se afastar da zona de rebaixamento. O Santos brigava pelo título. E adivinhe qual teve jogadores improvisados, espaços no meio de campo, excesso de passes errados e total desorganização tática? A vitória com facilidade por 2 a 0 do Verdão do Oeste, na Arena Condá, te responde.

A inversão de papéis pôde ser percebida logo no início do jogo. O Peixe, melhor colocado na tabela, não tinha objetividade. Trocava passes curtos, muitos errados, e só se defendia. A Chape, na parte de baixo da tabela, construía jogadas pelos lados e dava trabalho para a defesa adversária.


Logo aos 13 minutos, em um contra-ataque do Verdão do Oeste, Luiz Antônio buscava Arthur Caíque na área, mas achou a mão de Lucas Veríssimo em cima da linha que delimita a grande área. Alguns segundos depois do toque, o árbitro Jailson Macedo Freitas assinalou pênalti, este convertido por Wellington Paulista.

A partir daí, o Peixe, que passava longe da organização tática, só se complicou. Elano mandou a campo três volantes, sendo que Victor Ferraz estava improvisado na lateral esquerda, na vaga de Caju, que se machucou no dia do jogo. Embora a alteração pareça defensiva, Alison, Renato e Matheus Jesus estavam distantes.

Lucas Lima então, parecia estar mais longe do que todos. A consequência disso foi a substituição do camisa 10 aos sete minutos do segundo tempo com muito descontentamento. Em seu lugar, entrou Jean Mota, que apesar de entrar no meio de campo, não armou o jogo.

A Chape esperava o erro de um time que atuava só por impulso. Em determinado momento, Renato tentava chegar na área, depois, Jesus tentava surpreender, mas só deixava buracos no meio.

Também pelo lado do campo, os donos da casa acharam o segundo gol. Weelington Paulista ganhou de Luiz Felipe na corrida e lançou para Arthur Caíque vencer Lucas Veríssimo e dar só um toque na bola para superar Vanderlei.

A derrota custou ao Santos o adeus à chance de título e a queda para a 4ª colocação. O Verdão do Oeste chega a 44 pontos e fica em 13º.

Sem nem voltar para casa, o Peixe vai a Salvador encarar o Bahia, na quinta-feira. A Chape recebe o Vitória em casa. FICHA TÉCNICA 
CHAPECOENSE 2 X 0 SANTOS

Local: Arena Condá, Chapecó (SC) 
Data-Hora: 13/11/2017 - 20h 
Árbitro: Jailson Macedo Freitas 
Auxiliares: Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira (BA) 
Público/renda: 11.301 
Cartões amarelos: Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Serginho (SAN) 
Cartões vermelhos: 
Gols: Wellington Paulista (13'/1ºT) (1-0); Arthur Caíque (21'/2º T) (2-0)

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Douglas, Fabrício Bruno e Reinaldo; Canteros (Nenem, 37'/2ºT), Amaral, Moisés e Luiz Antônio (João Pedro, 21'/2ºT); Arthur Caíque e Wellington Paulista (Túlio de Melo, 30'/2ºT). Técnico: Gilson Kleina

SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Victor Ferraz; Alison, Renato, Matheus Jesus (Serginho, 17'/2ºT) e Lucas Lima (Jean Mota, 7'/2ºT); Arthur Gomes e Ricardo Oliveira. Técnico: Elano

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 17/11/2017 Fla perde e confirma vaga de Palmeiras e Grêmio na Libertadores 2018
Postada em: 16/11/2017 Corinthians bate o Flu de virada e conquista o 7º titulo do Brasileirão
Postada em: 10/11/2017 Brasil faz 3 a 1 no Japão em bom treino para pegar a Inglaterra na terça
Postada em: 10/11/2017 Brasil encara Japão nesta sexta-feira com mudanças para testar reservas
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra