QUARTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2017
Untitled Document
13/11/2017 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Homem morto a tiros de pistola era acusado de tráfico e homicídio

Mauricio Molina Matossi tinha se apresentado à polícia e confessado participação em homicídio ocorrido no dia 22 de outubro
Maurício era investigado por homicídio ocorrido no mês passado e foi morto hoje em Dourados (Foto: Reprodução/Facebook)

Foi identificado como Maurício Molina Matossi, 23, o homem encontrado morto na manhã de hoje (13) em Dourados. Morador no Jardim Novo Horizonte, na região oeste da cidade, Maurício era investigado por participação em um assassinato ocorrido no dia 22 de outubro deste ano, no mesmo bairro onde morava.

Maurício Matossi foi morto com quatro tiros de pistola calibre 45 – um nas costas e três no rosto – em uma lavoura de soja ao lado de uma mata na Linha do Potreirito, perto do bairro Jóquei Clube, região leste da cidade. Cápsulas deflagradas foram encontradas próximas ao corpo.

De acordo com a Polícia Civil, Matossi participou, no dia 22 de outubro deste ano, do assassinato de Fábio da Silva Centurião, 27, o “Fabinho”, alvejado por vários disparos de arma fogo. Os autores ocupavam um veículo Gol branco.

Testemunhas e familiares da vítima contaram que os autores do crime foram Wanderlei Moreira Caetano, 35, e Maurício Matossi. Conforme a polícia, a motivação seria um desacerto relacionado ao tráfico de drogas. Wanderlei foi preso em Maurício se apresentou dias depois e disse que cometeu o crime por em legítima defesa. Ele aguardava a conclusão do inquérito em liberdade.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 22/11/2017 Rapaz de 22 anos é indiciado por compartilhar pornografia infantil
Postada em: 22/11/2017 Adolescente inventou estupro para encobrir caso com homem casado
Postada em: 22/11/2017 Naviraí - Durante investigação de roubos Polícia Civil prende rapaz acusado de tráfico
Postada em: 22/11/2017 Ivinhema - Policia Civil descobre homicídio após desenterrar vitima
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra