TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2018
Untitled Document
07/11/2017 | Fonte: TANAMIDIANAVIRAI

Moradores de Itaquiraí são presos no Porto Caiuá com caminhões carregados de cigarros

Os motoristas dos caminhões fora identificados como Aguinaldo José Ferreira, de 30 anos e Marcelo Aparecido de Brito, de 34 anos, ambos moradores na cidade de Itaquiraí

O Grupo Especial de Polícia Marítima da Polícia Federal de Naviraí, juntamente com a Polícia Militar Ambiental e com o apoio da Polícia Civil, apreenderam na manhã de sábado, dia (04), dois caminhões carregados com aproximadamente 800 caixas de cigarros de origem estrangeira. Segundo a Polícia, a carga está avaliada em quase R$ 1.000.000,00.

A apreensão ocorreu durante um patrulhamento de fiscalização do “fechamento da pesca” no Rio Paraná. Os dois veículos estavam na balsa que fazia a travessia do Rio Paraná entre o Porto Caiuá/MS e o Porto Felício/PR.

 Os cigarros estavam em dois caminhões, sendo um boiadeiro e um furgão. Ao avistarem os veículos de imediato os policiais já constataram que o caminhão boiadeiro não estava com carga animal, mas sim transportando caixas de papelão, típicas de embalagens de cigarros contrabandeados.

Os motoristas dos caminhões fora identificados como Aguinaldo José Ferreira, de 30 anos e Marcelo Aparecido de Brito, de 34 anos, ambos moradores na cidade de Itaquiraí/MS.

Ao serem presos, os dois motoristas disseram que receberiam R$700,00 cada um para transportar a carga de Iguatemi/MS até o Porto Felício/PR. Aguinaldo e Marcelo, assim como os dois veículos e a carga de cigarros, foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal de Naviraí/MS. 

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 23/10/2018 Homem é preso por tentar matar enteado em roda de cachaça
Postada em: 23/10/2018 Gestante que matou ex-namorado com facada é liberada pela Justiça
Postada em: 23/10/2018 DOF apreende mais de 300 kg de maconha em Voyage abandonado
Postada em: 23/10/2018 Filha confessa ter enterrado a mãe desaparecida no quintal de casa
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra