DOMINGO, 19 DE NOVEMBRO DE 2017
Untitled Document
31/10/2017 | Fonte: G1

Indígena de 37 anos é morta em aldeia

Suspeita é de que o marido de 24 anos tenha cometido o crime de feminicídio
Foto: Osvaldo Duarte

 

Uma indígena de 37 anos foi encontrada morta e com a boca espumando do lado de fora do barraco na noite de segunda-feira (30), em uma aldeia de Dourados, região sul de Mato Grosso do Sul. Segundo a polícia, a vítima apresentava sinais de agressões físicas no pescoço e no tórax.

Conforme o registro policial, o suspeito é o marido da vítima, de 24 anos. Um vizinho disse à polícia que o jovem foi até a casa dele na noite anterior e avisou que a mulher estava passando mal. A testemunha foi até a residência ao lado e viu a vítima com a boca espumando.

Depois avisou a liderança da aldeia que acionou a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). O caso foi registrado como feminicídio.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 18/11/2017 Naviraí - PM flagra viajante do tempo que alerta para invasão alienígena
Postada em: 17/11/2017 Polícia Federal prende um homem em flagrante em operação contra o tráfico
Postada em: 17/11/2017 Traficante zomba da polícia em grupos de Whats e acaba preso
Postada em: 17/11/2017 Itaquiraí - Preso homem acusado de matar enforcada ‘Mudinha’ em bar
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra