DOMINGO, 19 DE NOVEMBRO DE 2017
Untitled Document
20/10/2017 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Após perseguição, dois homens são executados a tiros de fuzil 7,62

Dupla execução ocorreu hoje em Pedro Juan Caballero; mortos estavam em Ponta Porã e tentaram fugir para o lado paraguaio
Mortos estavam em Saveiro, crivada de tiros de fuzil calibre 7,62 (Foto: Candido Figueredo/ABC Color)

Dois brasileiros foram executados a tiros de fuzil AK 47 calibre 7,62 na manhã de hoje (20) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS). Vanderlei Freitas Lopes e Francisco Humberto Winckler Benites foram mortos no centro da cidade paraguaia, após serem perseguidos pelos pistoleiros.

De acordo com policiais das duas cidades, os brasileiros estavam no lado brasileiro da fronteira, em uma Saveiro branca, placa PUR 1111, de Ponta Porã, na rotatória da Rua Baltazar Saldanha com Avenida Internacional, quando foram perseguidos pelos matadores em um Honda Civic preto.

Para tentar despistar os pistoleiros, os dois brasileiros cruzaram a fronteira em alta velocidade, mas o condutor da Saveiro perdeu o controle da direção e bateu em um Audi estacionado na Avenida Doutor Francia.

Nesse momento os matadores se aproximaram e dispararam pelo menos 30 tiros. Os dois morreram dento da picape. Após a dupla execução, os pistoleiros retornaram para o território brasileiro e fugiram, segundo testemunhas.

A Linha Internacional entre Pedro Juan Caballero e Ponta Porã enfrenta uma guerra de facções criminosas pelo controle do tráfico de drogas e fornecimento de armas. A disputa começou em junho, após a morte do até então chefão da fronteira, Jorge Rafaat Toumani.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 18/11/2017 Naviraí - PM flagra viajante do tempo que alerta para invasão alienígena
Postada em: 17/11/2017 Polícia Federal prende um homem em flagrante em operação contra o tráfico
Postada em: 17/11/2017 Traficante zomba da polícia em grupos de Whats e acaba preso
Postada em: 17/11/2017 Itaquiraí - Preso homem acusado de matar enforcada ‘Mudinha’ em bar
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra