SÁBADO, 23 DE JUNHO DE 2018
Untitled Document
26/07/2017 | Fonte: CORREIO DO ESTADO

Tacuru terá quatro pontes de concreto e investimento será de R$ 3,3 milhões

Ponte de concreto sobre o Córrego Gramado, na área rural de Tacuru (Foto: Agesul/Divulgação)

Mais segurança e qualidade nas condições de tráfego de veículos e pedestres na área rural de Tacuru, distante 436 km de Campo Grande, localizado na fronteira com o Paraguai, especialmente no período de chuva. É o que a população local espera com a construção de quatro pontes de concreto sobre córregos e rios do município.

“As pontes vão contribuir com o escoamento da safra de Tacuru e região”, comentou o prefeito Carlinhos Pelegrini. O município tem a sua economia baseada na produção rural.

Segundo a Agesul (Agencia Estadual de Gestão e Empreendimentos), o Governo do Estado vai investir R$ 3,3 milhões em parceria com o Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. Das quatro pontes projetadas, duas já foram entregues e duas estão em execução.

Na estrada do Assentamento Água Viva de Tacuru, a ponte de 22 metros de comprimento por seis de largura, construída ao custo de R$ 902,7 mil, já está disponível para a população, e a outra ponte já entregue fica na Estrada Gramado. Tem 12 metros de extensão por seis de comprimento e custou R$ 879,3 mil.

As duas pontes que estão em construção devem ser entregues no próximo semestre. Uma fica sobre o Córrego Nhupu Guassu, no Assentamento Vitória da Fronteira, terá 12 metros de distância por seis de largura, investimento de R$ 688,4 mil, e está 46% concluída. A outra ponte em execução (82% concluída), fica sobre o Rio Tacuru com 22 metros de extensão por seis de largura, e investimento de R$ 833,1 mil.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 06/06/2018 STJ autoriza recolhimento da carteira de motorista para pressionar réu inadimplente a regularizar débitos
Postada em: 06/06/2018 Passa de 190 o número de desaparecidos por causa do Vulcão de Fogo, na Guatemala
Postada em: 06/06/2018 Governo reduz previsão e passa a estimar salário mínimo abaixo de R$ 1 mil em 2019
Postada em: 06/06/2018 Frio deve atrasar início da colheita do algodão na região norte de MS
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra