QUARTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO DE 2017
Untitled Document
16/05/2017 | Fonte: CORREIO DO ESTADO

André não será mais candidato ao governo do Estado em 2018

Lama Asfáltica 'enterrou' projeto do PMDB de ter ex-governador na disputa eleitoral
Mochi e André são os principais do PMDB e hoje discutem o futuro eleitoral do partido - Foto: Bruno Henrique

O ex-governador André Puccinelli (PMDB) está fora da disputa eleitoral de 2018 e a sua convicção de não concorrer mais à sucessão estadual se consolidou com a Operação Máquinas de Lama, da Polícia Federal, quando foi levado coercitivamente para depor.

Ele se considera injustiçado por estar sendo monitorado com tornozeleira eletrônica e reforçou a incapacidade de pagar fiança de R$ 1 milhão para não ser preso, porque todos os seus bens estão bloqueados por determinação da juíza federal substituta Monique Marchioli Leite.

Sem André, o PMDB não tem em seus quadros outra liderança de peso eleitoral para enfrentar o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) em 2018.

Em conversas com amigos políticos mais próximos, o ex-governador não esconde a tristeza de estar com tornozeleira eletrônica e, em determinado momento, desabafou: “não sou candidato nem a síndico de prédio”.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 23/08/2017 Collor vira réu em processo da Lava Jato no Supremo
Postada em: 22/08/2017 Funaro fecha acordo de delação premiada, diz jornal
Postada em: 22/08/2017 Governador sanciona Lei de autoria de Junior Mochi que institui o Dia Estadual da Educação Superior
Postada em: 22/08/2017 Onevan formaliza a ministro pedido para implantação de novo curso na UFMS de Naviraí
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra