TERÇA-FEIRA, 26 DE SETEMBRO DE 2017
Untitled Document
20/04/2017 | Fonte: DOURADOS NEWS

Sem duplicação, CCR deve receber pedágio de 200 mil veículos no feriado

Obras de duplicação foram paralisadas, mas pedágios seguem sendo cobrados - Foto: Gizele Almeida/Arquivo

A CCR MSVia reforçará a frota do Serviço de Atendimento ao Usuário – SAU durante o período da Operação Tiradentes na BR-163/MS. Entre os dias 20 e 23 de abril, viaturas estarão posicionadas em pontos estratégicos nos horários de maior movimento. A tática visa aumentar a rapidez nos atendimentos e ampliar a segurança e fluidez do tráfego.

A empresa, que anunciou na semana passada a paralisação das obras de duplicação da via, mantém a cobrança nas praças de pedágio e deve lucrar em cima dos mais de 200 mil veículos aguardados na estrada que corta o Estado de Norte a Sul.

Ao todo, estarão operando, entre outros, 22 ambulâncias-resgate (05 unidades móveis de terapia intensiva), 04 viaturas de intervenção rápida, 09 guinchos pesados, 21 guinchos leves, 24 inspeções de tráfego e 11 caminhões de serviço à disposição dos usuários da rodovia, 24 horas por dia, todos os dias.

Cerca de 500 colaboradores trabalharão em regime de revezamento, 24 horas por dia, comandados pelo CCO, que lidera a logística de atendimento com um grupo de 15 colaboradores especializados, atuando também diuturnamente.

A Operação utilizará, ainda, 18 Painéis Fixos de Mensagens Variáveis e 17 Painéis Móveis de Mensagens Variáveis, instalados em pontos estratégicos para permitir informar, em tempo real, eventuais interferências no tráfego.

Tráfego

Segundo levantamento da CCR MSVia, cerca de 207.078 veículos devem passar pela BR-163/MS ao longo dos cinco dias de Operação.

A expectativa é que no dia 20, quinta, aproximadamente 52 mil veículos estejam na rodovia, sendo o horário com maior movimento das 16h às 17h, com média de 3,5 mil passagens por hora. Para a sexta (21), o pico de tráfego deve se concentrar entre as 10h e 11h, com média de 2,8 mil veículos/hora.

No domingo (23), entre as 17h e 18h o tráfego será mais intenso, com média de 5 mil veículos/hora. No último dia da operação, segunda (24), cerca de 3 mil veículos/hora devem trafegar entre 11h e meio-dia.

Pedágio

As praças de pedágio estarão operando normalmente. As tarifas básicas variam de R$ 4,70 a R$ 7,20. Veículos comerciais pagam por eixo. O pagamento nas praças de pedágio deve ser feito por meio de dinheiro ou cheque. Nos postos de cobrança não serão aceitos cartões de débito ou cartões de crédito. Haverá, ainda, a possibilidade do pagamento eletrônico, por meio de dispositivos instalados nos para-brisas dos veículos, os chamados TAGS.

As praças estão instaladas nos seguintes locais: P1 – Mundo Novo (km 28,2); P2 – Itaquiraí (km 113,2); P3 – Caarapó (km 227,9); P4 – Rio Brilhante (km 313,7); P5 – Campo Grande (km 432,1); P6 – Jaraguari (km 533,8); P7 – São Gabriel do Oeste (km 603,4); P8 – Rio Verde de Mato Grosso (km 703,5) e P9 – Pedro Gomes (km 817,8).

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 25/09/2017 Vento de até 48 km/h anuncia chegada de frente fria e chuva à Capital
Postada em: 25/09/2017 Governo estima redução de 30% nos acidentes no trânsito em 2017
Postada em: 25/09/2017 Concessionária alerta sobre operação pare e siga desde Itaquiraí
Postada em: 25/09/2017 Horário de Verão será mantido, confirma ministro de Minas e Energia
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra