SEXTA-FEIRA, 17 DE NOVEMBRO DE 2017
Untitled Document
19/04/2017 | Fonte: FolhaPress

STF nega recurso do Flamengo e mantém Sport como campeão de 1987

Sport é o único campeão de 87 - Foto: Divulgação

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou nesta terça-feira (18) o recurso do Flamengo contra a decisão da Corte que garantiu ao Sport o direito de ser o único campeão brasileiro de 1987 reconhecido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Por 3 votos a 1, o clube de Recife foi mantido como o vencedor da competição.

O caso estava parado desde agosto de 2016, quando o ministro Luís Roberto Barroso pediu vistas ao processo e suspendeu o julgamento. Ele votou para que o título fosse dividido entre os clubes. Relator do caso e torcedor do Flamengo, o ministro Marco Aurélio votou contra o recurso do time de coração.

Os ministros Alexandre de Moraes e Rosa Weber também deram posição contrária. O ministro Luiz Fux se declarou impedido de participar do julgamento. Rodrigo Fux, seu filho, foi o advogado do Flamengo na ação.

O Flamengo informou que aguardará a publicação da decisão para avaliar se caberá novo recurso. "Nossa posição em busca do reconhecimento segue firme, uma vez que ganhamos o título no campo", afirmou o vice-presidente jurídico, Flávio Willeman.

Já o presidente do Sport, Arnaldo de Barros, celebrou mais uma conquista do clube sobre o time carioca nos tribunais. "Era uma pretensão esdrúxula do Flamengo. Queriam afrontar a coisa julgada que é protegida constitucionalmente. Desejavam subverter as decisões que ocorreram inclusive no STF para fazer valer um acordo, um conchavo político que tinha havido anteriormente. Mas o STF soube rechaçar e colocar em ordem os valores institucionais", encerrou o mandatário.

O CASO

Em 1987, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) atravessava grave crise financeira e se declarou incapaz de organizar o Campeonato Brasileiro. A partir daí, a Copa União foi organizada pelo Clube dos 13 com as principais equipes do país.

Na sequência, porém, a CBF resolveu fazer um campeonato com os clubes que ficaram de fora da Copa União. Os times foram divididos em dois módulos, o Verde (Clube dos 13) e o Amarelo (equipes reunidas pela entidade).

Flamengo e Internacional, campeão e vice do Módulo Verde, se recusaram a jogar um quadrangular final contra Sport e Guarani, campeão e vice do Módulo Amarelo. A polêmica se arrastou desde então.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 17/11/2017 Fla perde e confirma vaga de Palmeiras e Grêmio na Libertadores 2018
Postada em: 16/11/2017 Corinthians bate o Flu de virada e conquista o 7º titulo do Brasileirão
Postada em: 14/11/2017 Chapecoense vence, e Santos dá adeus à chance de título
Postada em: 10/11/2017 Brasil faz 3 a 1 no Japão em bom treino para pegar a Inglaterra na terça
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra